Casal é acusado pela morte de brasileira no Havaí

Mulher de 51 anos era faxineira da casa e foi atingida por um taco de beisebol por ladrões, segundo a polícia

0
3569
Brasileira foi brutalmente assassinada no Havaí
Brasileira foi brutalmente assassinada no Havaí

DA REDAÇÃO, COM FOLHA DE S.PAULO – Duas pessoas foram acusadas pela polícia do Havaí de envolvimento no assassinato da brasileira Telma Boinville, de 51 anos, que aconteceu na ilha de Oahu, informou o jornal local “Honolulu Star-Advertiser”. A vítima foi encontrada morta na quinta-feira (7) na casa onde trabalhava como faxineira. Sua filha de oito anos foi amarrada no andar superior da residência.

De acordo com a publicação, Stephen Brown, 23, e a namorada, Hailey Dandurand, 20, foram presos acusados de homicídio em segundo grau –quando há intenção de matar, mas o crime não foi premeditado.

Brown também foi acusado de roubo, sequestro e posse não autorizada de informações pessoais confidenciais. A fiança para ele foi estabelecida em $1 milhão, e, para a namorada, em $500 mil.

O marido de Boinville, Kevin Emery, disse à imprensa local que a mulher foi sufocada e espancada com um taco de beisebol. Segundo ele, os criminosos também levaram a bolsa e o carro da vítima, uma picape Toyota Tacoma.

A filha identificou os suspeitos depois que o pai lhe mostrou imagens dos dois no Facebook, ainda segundo informações do “Honolulu Star-Advertiser”. Brown já havia sido acusado anteriormente este ano por agressão contra uma ex-namorada.

Maior campeão mundial da história do surfe, com 11 títulos, o americano Kelly Slater chegou a publicar mensagem em uma rede social na qual alertou os moradores da região sobre o veículo da Toyota, que estaria conectado com o crime. “Eu não conheço a vítima, mas ela é amiga de muitos de meus amigos. Isso é horrível”, disse o surfista.

De acordo com o periódico local, a brasileira também trabalhava como professora substituta em uma escola primária e ajudava crianças brasileiras a se adaptarem à língua inglesa. Telma Emery era professora substituta em uma escola do ensino fundamental e ensinava português para crianças. A sogra de Telma a descreveu como uma excelente pessoa. “O melhor ser humano aqui de North Shore. Ele era muito especial, ótima mãe, sempre muito feliz e atenciosa”, descreveu a sogra.

Família e amigos fizeram uma vigília em memória de Boinville na sexta-feira (8), na praia de Log Cabins, próxima do local do crime.