Casos de covid-19 entre crianças aumentam 50% desde o início de dezembro nos EUA

Mais de 2.100 crianças estão hospitalizadas com o vírus no País, que vive nova onda da doença

0
1139
Aumentam casos de covid em crianças (Foto Pixabay)

A nova onda do coronavírus que atinge os Estados Unidos fez aumentar em 50% o número de casos entre crianças em comparação ao início de dezembro, de acordo com a Academia Americana de Pediatria. Na última semana, 200 mil crianças testaram positivo para o vírus e mais de 2.100 crianças foram internadas com covid. O número de hospitalizações infantis era 800 há um mês.

Pediatras estão preocupados com esses números. “Nossos bens mais preciosos são nossas crianças. E agora, estamos em alerta”, disse o pediatra de um hospital de New York, Kenneth Remy.

Para os especialistas, um conjunto de fatores levaram a esse aumento. Primeiramente, a descoberta da variante ômicron, que fez crescer drasticamente as infecções nos EUA. Além disso, menos de um terço das crianças elegíveis para a vacina – com idades entre 5 e 17 anos – foram completamente vacinadas.

Os estados que lideram as internações pediátricas são: Georgia, Illinois, New York, Ohio, Pensilvânia e Texas.

Recorde de casos de covid nos EUA

Nesta terça-feira (28), os Estados Unidos atingiram uma média móvel de 254.496 novos casos de covid-19 nos últimos sete dias, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins – ultrapassando o recorde anterior de cerca de 251.989, registrado em 11 de janeiro.

O índice surge em meio a uma rápida aceleração das infecções que os EUA – e o resto do mundo – têm visto desde o mês passado. (Com informações da ABC News)