Casos de febre amarela deixam região Sudeste em alerta

Minas Gerais registra 22 casos da doença com 16 mortes de julho a janeiro

0
1404
Flavio Henrique foi a última vítima fatal da febre amarela em MG
Flavio Henrique foi a última vítima fatal da febre amarela em MG

O compositor e presidente da Rede Minas de Televisão, Flávio Henrique, 49 anos, morreu em decorrência de complicações por febre amarela na manhã de quinta-feira (18), em Belo Horizonte, e a Secretaria de Estado de Cultura. Ele estava internado desde a quinta-feira (11), quando deu entrada com estado febril.

Desde o fim de semana, Flávio Henrique estava no Centro de Terapia Intensiva (CTI) com quadro clínico grave. Durante a internação, bastante abalada, a família preferiu não dar entrevista.

Os estados de São Paulo e Espírito Santo também estão em alerta. Em MG, o último balanço da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quarta-feira (17), informa 22 casos confirmados de febre amarela silvestre em Minas Gerais desde dezembro de 2017, sendo que 16 deles levaram os pacientes à morte. Outros 46 casos continuavam em investigação pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

Na maioria dos casos confirmados, os pacientes são homens (95,5%). As mulheres representam 4,5% do total. A idade média das pessoas que tiveram a doença confirmada é de 45 anos. De acordo com a secretaria, a taxa de letalidade (número de óbitos entre os portadores de uma doença) por febre amarela em Minas Gerais de julho de 2017 até o início deste ano está em 68,2%. A secretaria informou ainda que todos os casos foram confirmados laboratorialmente.

Atualmente, a cobertura vacinal acumulada de febre amarela no Estado de Minas Gerais está em torno de 82%. Conforme informe epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (17), estima-se que haja no estado pouco mais de 3 milhões de pessoas que ainda não foram vacinadas, especialmente na faixa etária de 15 a 59 anos, que também foi a mais acometida pela epidemia de febre amarela silvestre ocorrida em 2017.

O que é a febre amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infectados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados Haemagogus e Sabethes. Nas cidades, a doença pode ser transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti, mas é muito rara a incidência.  Não há transmissão direta de pessoa a pessoa.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.