Cats decepciona público e crítica

Universal, estúdio responsável pelo filme, pode ter prejuízo de $ 100 milhões

0
2371
A produção ‘Cats’ não repetiu no cinema o sucesso dos palcos da Broadway (Foto: Divulgação – Universal Pictures)
A produção ‘Cats’ não repetiu no cinema o sucesso dos palcos da Broadway (Foto: Divulgação – Universal Pictures)

Um dos filmes mais aguardados do ano decepcionou. ‘Cats’ e seu elenco milionário foram massacrados pela opinião pública e pelos críticos, e nem mesmo o estúdio responsável pela produção crê que vai conseguir reverter a situação. O prejuízo previsto é de $ 100 milhões, numa prova que nem sempre o sucesso dos palcos pode ser replicado para a grande tela.

A péssima recepção do público e as críticas pesadas dos especialistas já davam o tom do fracasso logo na estreia do longa de Tom Hooper, estrelado por ninguém menos que Jennifer Hudson, Taylor Swift, James Corden, Rebel Wilson, Jason Derulo, Idris Elba, Ian Mckellen e Judi Dench. Baseado no musical homônimo da Broadway, ‘Cats’ usou uma técnica ousada de criar imagens em computador – e o resultado ficou no mínimo estranho, segundo os críticos. Os comentários negativos nas mídias sociais acabaram por enterrar as chances de uma boa bilheteria. 

O filme custou cerca de S$ 100 milhões, mas arrecadou apenas 30% disso durante o feriado de fim de ano nos Estados Unidos. Com custos de divulgação e outras iniciativas, o prejuízo do estúdio deve ultrapassar a marca de $ 100 milhões.  A Universal até removeu ‘Cats’ de sua lista de indicações para o público e nem mesmo disponibilizou o link para que a megaprodução seja vista no serviço de streaming exclusivo para os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (leia-se, votantes do Oscar).

Mesmo assim, o longa consta como pré-indicado na categoria de efeitos especiais do Oscar. A música, “Beautiful Ghosts”, composta por Taylor Swift e Lloyd Weber exclusivamente para a versão cinematográfica do musical, está indicada ao Globo de Ouro. As premiações ocorrem no primeiro trimestre de 2020.