CBF School Boca Raton é projeto piloto para escolas de futebol

Empresários do sul da Flórida foram escolhidos para iniciar o projeto de internacionalização da principal entidade do futebol brasileiro

0
1788
Boca Prep International School foi o local escolhido para implantação do projeto de internacionalização das escolinhas de futebol da CBF
Boca Prep International School foi o local escolhido para implantação do projeto de internacionalização das escolinhas de futebol da CBF

Qual amante de futebol nunca sonhou em envergar a icônica camisa da Seleção Brasileira de Futebol? A “amarelinha”, que também tem versões nas cores azul e branco (segundo e terceiro uniformes), ostenta as cobiçadas cinco estrelas no peito, emoldurando o emblema da CBF e fazendo os fãs do esporte mais praticado no mundo sonhar em envergar este símbolo, sinônimo de “jogo bonito”. 

José Thadeu Gonçalves, coordenador da CBF School Boca Raton (Foto: Antonio Tozzi/AcheiUSA)
José Thadeu Gonçalves, coordenador da CBF School Boca Raton (Foto: Antonio Tozzi/AcheiUSA)

Pois bem, agora este sonho pode se tornar realidade. Pelo menos para as crianças e jovens que moram no sul do condado de Palm Beach e no norte do condado de Broward. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estava pensando em expandir seu projeto de escolas  de futebol para o mercado internacional. O projeto se viabilizou quando a CBF encontrou os empresários Hemmerson Carvalho e Pedro Pugliese – brasileiros que vivem em Boca Raton, Flórida.

A parceria foi assinada e, para tanto, os empresários precisavam de alguém responsável pela implantação do projeto. A escolha recaiu sobre José Thadeu Gonçalves, que vive há décadas nos Estados Unidos e integrou comissões técnicas no Brasil, sobretudo no São Paulo Futebol Clube, trabalhou em vários clubes e universidades dos EUA e licenciado no Brasil e nos EUA. Hemmerson e Thadeu conversaram com exclusividade ao AcheiUSA sobre a CBF School Boca Raton.

Proposta diferenciada

Hemmerson Carvalho, que havia morado nos EUA entre 2010 e 2012 em New Jersey (onde foi treinador de equipes menores), decidiu retornar ao país recentemente – desta vez para ficar. A família se instalou em Boca Raton e ele trouxe consigo o projeto de internacionalização da CBF School. “Clubes de todo mundo possuem escolas de futebol aqui nos EUA como Milan, PSG, Bayern, Juventus, Barcelona, entre outros, com o objetivo de difundir suas marcas e aumentar sua base de torcedores através de licenciamento de marcas”, comentou o empresário paulista.

Ao contrário dos clubes estrangeiros, a proposta da CBF atende aquilo que Hemmerson estava buscando. “O propósito da CBF sempre foi formar crianças através do futebol – exatamente o que eu e meu sócio queríamos. Geralmente as escolas de futebol dos clubes é confiada àquelas pessoas que são apaixonadas por futebol e na maioria das vezes não possuem uma comissão de profissionais com metodologia estruturada para a formação, desenvolvimento da parte física, motora e cognitiva e também profissionais para a administração do clube como um todo. E isto é o que sabemos fazer, temos o propósito de formar as crianças através do futebol com uma equipe multidisciplinar e somos empresários com uma visão empresarial de longo prazo e um claro propósito”, explicou Hemmerson. 

Ele sempre foi ligado ao esporte, tanto que participou de várias “peneiras” em clube paulistas – embora nunca tenha sido aprovado em nenhuma. Seu irmão, porém, chegou a jogar como juvenil no Corinthians nos anos 80. O DNA esportivo permanece na família Carvalho, tanto que seu filho mais velho, de 15 anos, busca se tornar um profissional do tênis treinando na academia da Chris Evert – uma das maiores tenistas de todos os tempos.  

No potencial empresarial da Carvalho/Pugliese, a CBF encontrou a parceria ideal para introduzir suas escolas no âmbito internacional. Entretanto, o objetivo é adaptar a metodologia desenvolvida pela CBF no Brasil ao mercado local. “Queremos um mix diversificado com brasileiros, hispânicos, americanos e outras nacionalidades, prezamos pela diversidade total”, afirmou o empresário.

Para isso, foi importante encontrar um local com as instalações ideais. E a Boca Prep International School (10333 Diego Drive South, Boca Raton, FL, 33428) possui toda infraestrutura necessária para a aplicação dos elementos da nossa metodologia na formação dos nossos jogadores, com locais para a prática de futebol de areia, futebol de salão e futebol de campo, além de uma academia para desenvolvimento muscular e piscina para alta performance. 

Futebol + ensino acadêmico = bons atletas e cidadãos

Thadeu, coordenador da CBF School Boca Raton, explicou que dado a parceria com a CBF School, a Boca Prep International School possui todos os elementos necessários para formar bons atletas e cidadãos, pois a escola dá oportunidade de estudar e jogar futebol – tanto no módulo recreativo como no competitivo: “Eles possuem um programa especializado em futebol ministrado pela CBF School dentro do curriculo escolar onde seus estudantes de middle e high school podem praticar futebol todos os dias das 8 às 10 horas da manhã, depois fazem suas atividades acadêmicas, e para os estudantes da lower school há um programa de duas ou três vezes por semana no final da tarde como atividade extra-curricularIsto nos permite trazer crianças e jovens de todo mundo, porque eles recebem vistos de estudante. Aliás, o nome CBF atrai muitos interessados, temos recebido pedidos de pessoas da Europa e da Ásia para integrar nossos programas”.

São dois os programas oferecidos pela CBF School Boca Raton: recreacional e competitivo. O programa recreacional é focado nas crianças que estão iniciando seu amor pelo futebol e e abrange crianças dos 3 aos 14 anos, nas categorias masculino e feminino. O custo é de $195  por temporada de 8 semanas e o programa acontece durante o ano todo . As inscrições já estão abertas aos interessados. 

O programa competitivo é direcionado para atletas já com alguma maturidade no futebol . Os times ficam em atividade durante dez meses: os treinamentos iniciam a partir de 13 de julho e vão até o final de maio de 2021. O custo é de $150 por mês e inclui toda a comissão técnica , assistentes, metodologia e uso das instalações da Boca Prep. Os integrantes precisam pagar à parte pelos custos das inscrições nos campeonatos (com o seguro incluído) e pela compra dos uniformes.

Agora, no verão, há também o Summer Camp para meninos e meninas, divididos em Day Camp e Half Day Camp:

Summer Camp de 27 a 31 de julho de 2020 para crianças e jovens de 4 aos 18 anos

Day Camp: das 8hs às 16hs ao custo de $300 e Half Day Camp: das 8hs às 12hs ao custo de $160. 

Mais informações e descontos disponíveis podem ser obtidos no website www.cbfschoolboca.com. Os valores são bem razoáveis e podem substituir os custos com babás.

Tudo isto com a supervisão de profissionais especializados. A comissão técnica da CBF School Boca Raton é formada pelo coordenador José Thadeu Gonçalves, por Lucas Benchimol (preparador físico e fisiologista), Reynaldo Mendes (analista de performance) e Cibele Oliveira (gerente de Operações). “Este é um dos nossos diferenciais, o Thadeu, por exemplo, é referência por seu conhecimento, experiência e vivência no ambiente esportivo aqui nos EUA e no Brasil”, afirmou Hemmerson.

Thadeu destaca que o futebol tem uma ação positiva ao reduzir o bullying, ao ajudar na formação de líderes (sobretudo dos cinco aos nove anos) e possibilita a geração de oportunidades de trabalho, ao proporcionar a chance de receber uma bolsa de estudo de atleta, ao ser educador esportivo e mesmo se tornar um atleta profissional. Aliás, este é o moto de Thadeu: “Não somos técnicos, somos educadores”.