CDC estende exigência de máscaras em aeroportos e voos até o dia 3 de maio 

Máscaras seguem obrigatórias em todos os tipos de transporte público; política expiraria no dia 18 de abril, mas CDC alega que casos de covid estão aumentando

0
222
Nas últimas semanas, foram registrados mais de 30 mil casos de covid por dia nos EUA
Nas últimas semanas, foram registrados mais de 30 mil casos de covid por dia nos EUA

DA REDAÇÃO – Diante do aumento recente de casos de covid-19 nos Estados Unidos graças à variante BA.2 do coronavírus, o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) decidiu estender a exigência de máscaras em todos os tipos de transporte público até o dia 3 de maio. Próximo a essa data, o órgão decide se irá suspender ou manter o uso de proteção facial.

Isso inclui aviões, ônibus, trens e metrôs, além de aeroportos. No mês passado, um porta-voz do Transportation Security Administration (TSA) havia afirmado que a agência esperava a flexibilização do uso de máscaras nesses locais.

“Devido ao aumento de casos de covid e o risco de hospitalizações e mortes, o CDC vai manter a exigência de máscaras nesses locais por enquanto”, disse o CDC em comunicado.

O uso de máscaras em aviões gerou diversas ocorrências graves entre passageiros e comissários de bordo nos últimos dois anos. No último mês, CEOs de dez companhias aéreas pediram para o CDC colocar fim à exigência do uso de máscaras em aeroportos e nos voos. “É chegada a hora de o governo suspender restrições em viagens, incluindo a exigência de testes de covid para passageiros internacionais e do uso de máscaras. Essas medidas não estão alinhadas com a realidade epidemiológica do País”, dizia o documento.

Nas últimas semanas, foram registrados mais de 30 mil casos de covid por dia nos EUA. O número pode ser maior, já que muitas pessoas estão fazendo testes em casa e esses casos não são reportados.