Negócios

Cidadãos americanos vão precisar de autorização para viajar para a Europa a partir de 2021

Turistas de 60 países, entre eles o Brasil, vão precisar da autorização a partir de 2021

Documento será exigido para turistas que visitarem a Europa a partir de 2021
Documento será exigido para turistas que visitarem a Europa a partir de 2021

Com o intuito de reforçar a segurança e evitar atos terroristas na Europa, a partir de 2021 turistas de 60 nacionalidades precisarão de uma autorização para entrar em 26 países do Velho Continente. Cidadãos americanos estão entre os que precisarão preencher a ETIAS (European Travel Information and Authorization System).

Os países que aplicarão o ETIAS são os do Tratado de Schengen, que inclui 26 países europeus. O Reino Unido não exigirá a autorização, já que está entre os que não fazem parte do Tratado de Schengen.

Antes de viajar à Europa, os turistas terão de preencher um formulário eletrônico com dados pessoais, informações do documento de viagem e o país em que entrará. Brasileiros, canadenses, australianos e latino-americanos estão entre os países que terão que preencher a autorização.

A autorização será válida por três anos e vai custar 7 euros, a não ser para viajantes menores de 18 anos ou maiores de 70 anos, para quem será gratuita.

Mas a decisão final para entrar na União Europeia continua com a segurança de fronteira de cada país.

Hoje, os Estados Unidos já têm um sistema similar denominado Electronic System for Travel Autorization (ESTA), que exige o preenchimento dessa autorização a países em que não há a exigência do visto, como no caso de países da Europa.

O objetivo é evitar “um risco de migração irregular ou de segurança”. Com esse sistema automatizado, inspirado no formulário ESTA, um dispositivo em vigor nos Estados Unidos, a UE pretende proteger melhor suas fronteiras exteriores, detectando antes de sua saída para a Europa alguns indivíduos potencialmente perigosos.

“Estamos cientes do plano da União Europeia de implementar seu próprio sistema de informação e autorização de viagem, semelhante ao ESTA, para contribuir para uma gestão mais eficiente das fronteiras externas da UE e melhorar a segurança interna”, disse uma autoridade do Departamento de Estado dos EUA. “Cada país tem o direito de determinar seus padrões de entrada.”

Países em que será exigido o preenchimento do ETIAS

Áustria

Bélgica

Luxemburgo

Holanda

Alemanha

França

Espanha

Portugal

Suécia

Finlândia

Dinamarca

Lituânia

Letônia

Estônia

Polônia

Eslováquia

Hungria

Eslovênia

Itália

Grécia

República Checa

Malta

Liechtenstein

Islândia

Noruega

Suíça

 

Baixe nosso aplicativo