Cidade de New York não vai manter informações sobre imigrantes indocumentados

Documentos de imigrantes que fizerem a carteira de identidade não ficarão salvos no sistema a partir de janeiro

0
6827
Milhares de imigrantes já fizeram a IDNYC
Milhares de imigrantes já fizeram a IDNYC

A Cidade de New York anunciou que não vai mais manter as informações de imigrantes sem documentos que solicitarem as carteiras de identidade muncipais – os ID cads – a partir de janeiro.

A medida foi anunciada na quarta-feira (7) e vai de encontro ao esforço que o prefeito da cidade, Bill De Blasio, está fazendo para proteger os imigrantes indocumentados de uma possível investida do governo Trump. A carteira de identidade auxilia as pessoas sem documentos a terem acesso a serviços prestados pela prefeitura. Mas ela não vale como carteira de motorista, apenas como identidade.

Para tirar o documento é necessário que a prefeitura tire cópias de passaportes e certidões de nascimento. A partir de janeiro, eles vão checar os documentos e depois devolvê-los sem manter as informações pessoais dos imigrantes. A nova política, entretanto, não vai deletar as informações de mais de 900 mil pessoas que solicitaram as identidades, a IDNYC.

Para fazer valer a medida, a Cidade vai ter que enfrentar parlamentares Republicanos que prometeram processar a prefeitura quando o projeto entrar em vigor. Eles argumentam que deletar essas informações é contra a lei. Eles afirmam também que essas informações são necessárias caso a polícia precise investigar esses imigrantes e são utilizadas com frequência pela polícia

Bill De Blasio rebate: “A razão pela qual as pessoas confiam em nós é porque jamais vamos fornecer informações que levem à deportação desses imigrantes. Vamos manter nossa promessa”, reiterou De Blasio em entrevista. (Com informações da New York Mag).