Cinco mil e duzentos detentos do ICE estão em quarentena por caxumba e catapora

Segundo o ICE, 297 imigrantes detidos em prisões de todo o País tiveram essas doenças e os demais estão isolados por precaução

0
2121
Centro de Detenção de Imigrantes em San Diego (Foto Freedom for Immigrants)
Centro de Detenção de Imigrantes em San Diego (Foto Freedom for Immigrants)

O U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) colocou 5,2 mil detentos em quarentena depois que eles tiveram contato com presos que tiveram caxumba e catapora em centros de detenção em todo o País.

De acordo com o ICE, 297 presos em 39 centros de detenção tiveram essas doenças. A quarentena atinge 4.2 mil presos que estiveram expostos à caxumba, 800 à catapora e 100 tiveram contato com os dois.  Os detentos em quarentena não necessariamente terão as doenças, mas estiveram expostos aos dois tipos de vírus e devem ser isolados por pelo menos 25 dias.

Atualmente, 52 mil adultos estão sob custódia da Imigração nos EUA.

“Impedir a propagação de doenças contagiosas na custódia do ICE é algo que temos que fazer e temos tido sucesso fazendo”, disse Nathalie Asher, diretora de operações do ICE.