Cinco pessoas morrem em tiroteio dentro de mesquita no Canadá

Primeiro-ministro Justin Trudeau chamou o ataque em Quebec City de "ato terrorista"

0
4953
Polícia deteve dois suspeitos

Cinco pessoas morreram durante um tiroteio dentro de uma mesquita em Quebec durante as orações da noite de domingo (29). A polícia prendeu dois suspeitos e o primeiro-ministro Justin Trudeau qualificou o incidente como um ato de terrorismo.

O presidente do Islamic Cultural Centre de Quebec, Mohamed Yangui, disse à Associated Press que o tiroteio aconteceu na ala masculina da mesquita. Yangui confirmou o número de mortos e disse que algumas vítimas podem ser crianças. Ele não estava no centro quando o ataque ocorreu, mas obteve as informações de testemunhas. Havia entre 60 e 100 pessoas no local na hora do tiroteio.

A polícia não confirmou ainda o número de vítimas. Tanto o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, quanto o premier do Quebec, Philippe Couillard, qualificaram o ataque como um ato terrorista.

“Condenamos este ataque terrorista contra muçulmanos em um centro de adoração e refúgio”, disse Trudeau em nota. “Corta o coração ver tanta violência sem sentido. A diversidade é nossa força e a tolerância religiosa é um valor que nós, canadenses, prezamos com carinho. Canadenses muçulmanos são parte importante do nosso tecido nacional, e esses atos sem sentido não têm lugar nas nossas comunidades, cidades e nosso país”, disse ele. “A forças canadenses da lei protegerão os direitos de todos os canadenses, e farão todo o esforço para prender os autores deste e de todos os atos de intolerância.

O porta-voz da polícia de Quebec, Constable Pierre Poirier, disse que dois suspeitos foram presos. A mesquita foi evacuada e a situação está sob controle.

No verão de 2016, a cabeça de um porco foi deixada na porta do Quebec Islamic Cultural Centre. O incidente aconteceu no meio do Ramadan, quando muçulmanos jejuam do nascer ao por do sol. Muçulmanos praticantes não comem carne de porco.

ATUALIZAÇÃO – POLÍCIA CONFIRMA SEIS MORTOS E OITO FERIDOS NO ATAQUE.