Negócios

Com alto teor de substância química, suco Simply Tropical enfrenta ação judicial

O processo coletivo acusa o grupo Coca-Cola de mentir na embalagem do suco que contém índices de substâncias químicas "centenas de vezes acima" do limite federal permitido

Do grupo Coca-Cola, Simply Juice sofre processo coletivo. Foto: Facebook

A Simply Orange Juice Company, subsidiária da Coca-Cola, está sendo processada por conter substâncias químicas em seu suco Simply Tropical, produto que mistura sucos de abacaxi, limão e manga. A ação coletiva protocolada em 28 de dezembro em New York, afirma que a embalagem do produto exibe em destaque a informação “All Natural”, quando o suco na verdade “contém substâncias PFAS, uma categoria de produtos químicos sintéticos que, por definição, não são naturais”, afirmou Joseph Lurenz, autor da ação, em relatório independente sobre o produto. Os testes realizados por Lurenz identificou níveis de PFAS centena de vezes acima do limite federal permitido para a substância.

“O marketing do produto é intencionalmente projetado para impulsionar as vendas e aumentar os lucros, visando consumidores preocupados com a saúde que acreditam razoavelmente que o suco é totalmente natural e, portanto, livre de ingredientes sintéticos ou artificiais que são conhecidos por serem prejudiciais à saúde humana”, afirma o processo de ação coletiva, que acusa a empresa de violação da Lei de Práticas Comerciais de Nova York, fraude, violação de garantia expressa e enriquecimento sem causa.

Também conhecidos como “produtos químicos eternos”, os PFAS são assim chamados porque levam anos para se decompor no corpo humano e no meio ambiente, e podem estar ligados a casos de câncer, problemas reprodutivos, aumento do colesterol e outras doenças. A ação pede que a justiça conceda “compensação econômica” a todos os consumidores que sofreram danos ao beber produtos Simply Juice.

A Food and Drug Administration (FDA) afirmou que os níveis de PFAS na maioria dos alimentos e bebidas disponíveis comercialmente são praticamente indetectáveis, mas há anos enfrenta apelos para regulamentar os químicos com mais rigor, tanto por parte de ativistas ambientais quanto de cientistas de segurança alimentar. “Quando a FDA encontra um nível detectável de um contaminante químico nos alimentos, como o PFAS, a agência realiza um estudo para avaliar possíveis problemas de saúde humana”, declarou a agência em seu website.

Embora a Simply produza vários sucos, incluindo laranja, ponche de frutas, maçã e cranberry, o processo alega que apenas a Simply Tropical contém PFAS.

Baixe nosso aplicativo