Celebridades Manchete

Com esclerose múltipla, atriz Claudia Rodrigues se prepara para tratamento inovador na Flórida

Procedimento pode custar até $50 mil dólares e é uma esperança para reverter o quadro da doença diagnosticada na atriz em 2000: "Vou me curar".

Claudia Rodrigues em A Diarista. Foto: Divulgação

A atriz Claudia Rodrigues revelou estar planejando fazer por um tratamento inovador na Flórida, entre março e abril do ano que vem. Diagnosticada com esclerose múltipla desde 2000, ela colocou à venda todos os seus bens para investir em um tratamento que pode custar até $50 mil dólares a sessão. “Estou bem animada. Vou me curar”, disse a atriz em entrevista ao jornal O Globo.

Segundo sua companheira, Adriane Bonato, elas não vão medir esforços para viabilizar o tratamento. “Claudia já colocou alguns imóveis à venda. Vamos fazer outras coisas para angariar fundos. Só precisamos adaptar o pagamento. Até porque, tendo a melhora esperada, ela vai voltar a fazer o que mais gosta, que são os espetáculos dela, e vai voltar a ganhar dinheiro”, afirmou.

Segundo a assessoria da atriz, por se tratar de um procedimento não invasivo, não é necessário tempo de recuperação. “O paciente não é internando ou hospitalizado e para cada sessão, o paciente deve comparecer diariamente ao instituto médico BTT Corp durante cinco dias seguidos, sem pernoite no instituto”, esclareceu em nota.

O novo procedimento, desenvolvido pelo Dr. Marc Abreu, permite pela primeira vez na história a medição contínua e não invasiva da temperatura do cérebro. A descoberta, com tecnologia aprovada pelo FDA, também possibilita tratamentos de hipertermia e hipotermia avançados, baseados na termodinâmica cerebral, procedimento que será aplicado no caso da atriz.

Conhecida por encarnar personagens cômicos em Sai de Baixo e Zorra Total, Claudia Rodrigues obteve decisão judicial favorável em ação que moveu contra a Globo, em 2018, sendo reintegrada ao quadro de funcionários da emissora depois de ser demitida ao revelar a doença.