Com mortes em alta, Bolsonaro diz que Brasil está “no finalzinho da pandemia”

Bolsonaro também disse que o Brasil foi um dos que se saíram melhor no combate à pandemia no mundo. País é o segundo na lista dos que mais perderam vidas em decorrência da covid-19

0
466
Declaração de Bolsonar foi dada durante um evento em Porto Alegre (RS) (foto: pixabay)
Declaração de Bolsonar foi dada durante um evento em Porto Alegre (RS) (foto: pixabay)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (10) que o Brasil está enfrentando o fim da pandemia.

A declaração foi feita num momento em que 22 das 27 unidades da federação enfrentam alta nas mortes por coronavírus. É a primeira vez que tantos estados aparecem simultaneamente com tendência de alta nas mortes pela doença desde que um consórcio independente da imprensa começou a acompanhar essas tendências, em 9 de julho.

Desde o início da pandemia, 179.032 pessoas morreram por conta da covid-19 no Brasil.

“Me permite falar um pouco do governo, que ainda estamos vivendo o finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu, ou um dos que melhores se saíram na pandemia”, disse Bolsonaro durante discurso na inauguração do eixo principal da nova Ponte do Guaíba, na BR-290, em Porto Alegre.