Com virada na Pennsylvania, Joe Biden fica bem perto da Casa Branca

Democrata lidera no Arizona, Pennsylvania, Georgia e Nevada, mas basta vencer na Pennsylvania para garantir a presidência com 273 votos no Colégio Eleitoral

0
853
Biden registrou 155 mil votos a mais que Trump no estado (foto: flickr)

O candidato Democrata à presidência, Joe Biden, está bem perto ocupar a Casa Branca pelos próximos quatro anos. Na manhã desta sexta-feira (6), Biden ultrapassou o presidente Trump na contagem de votos na Pennsylvania e na Georgia, faltando menos de 5% da apuração nesses estados.

Os votos que faltam ser contados são majoritariamente de condados onde Biden vem abrindo progressiva vantagem sobre o presidente. Basta vencer na Pennsylvania para somar mais 20 votos no Colégio Eleitoral, suficientes para a vitória Democrata, mesmo na hipótese improvável que Trump vire o jogo e vença na Georgia, no Arizona e Nevada.

Biden já garantiu 253 votos no Colégio Eleitoral. Se confirmada a vitória na Pennsylvania alcançará 273, mais que os 270 necessários. Se confirmar também em Arizona, Nevada e Georgia, o total chegará a 306 votos.

 A contagem final, contudo, ainda está longe de terminar. Além da necessidade de contabilizar todos os votos até o final, o presidente Trump alega que houve fraude generalizada na contagem, embora não apresente nenhuma evidência de irregularidades em nenhum dos estados ainda em disputa. Várias ações já foram impetradas pelo presidente contra a lisura das eleições, mas a contagem não foi interrompida.

A virada Democrata na Georgia e na Pennsylvania veio depois da abertura dos votos enviados pelos correios  nos condados mais populosos dos estados, onde a população é majoritariamente Democrata.