Comerciantes de Delray Beach (FL) reclamam da presença de pedintes agressivos

Cidade busca uma solução para mantê-los afastados e evitar a queda no turismo local

0
1059
Downtown Delray Beach (foto: WPTV reprodução)
Downtown Delray Beach (foto: WPTV reprodução)

A presença de pessoas pedindo dinheiro e comida em bares e restaurante de Delray Beach, no sul da Flórida, tem afastado a clientela.

“Como temos muitas áreas ao ar livre, eles se aproximam dos clientes e dizem: ‘Ei, posso ficar com algum dinheiro?’ E os clientes dizem: ‘Não, não vou lhe dar dinheiro’”, disse à WPTV, Jared Jenkins, gerente do restaurante Cafe Luca Rosa, localizado na S. Ocean Blvd.

Segundo ele, esta situação tem sido cada vez mais frequente.

“As pessoas querem estar confortáveis . Eles vêm aqui e querem relaxar”, disse o gerente.

Ele relatou, ainda que quando não conseguem dinheiro dos clientes os pedintes, muitas vezes, ficam agressivos e xingam as pessoas, os ameaçam e até bloqueam seu caminho para que lhes deem algo.

“Você quer que as pessoas venham aqui. É a força vital de nossa cidade”, disse Jenkins.

Preocupado com o impacto que isso pode ter no turismo da cidade , a City Commission de Delray Beach deu o primeiro passo na implementação de uma medida legal nesta quarta-feira (4).

A portaria municipal apresentada pela vice-prefeita, Shirley Johnson, proíbe mendigos de pedirem esmolas à noite e restringe a presença deles à no máximo 20 pés de distância dos restaurantes e bares, ponto de ônibus, caixa eletrônico ou parquímetro para pagamento de estacionamento.

“Me sinto mal pelas pessoas que estão na posição que tem que pedir esmola, mas ao mesmo tempo, acho que as pessoas se sentiriam mais confortáveise em virem aqui se isso não acontecesse à noite”, disse Johnson.

No dia 18 de fevereiro a portaria será votada pelos comissários e também será disponibilizada na internet para críticas da população da cidade.