Condado da Flórida afasta mais de oito mil alunos após surto de covid nas escolas

Distrito escolar convocou reunião de emergência para decidir sobre obrigatoriedade do uso máscara em salas de aula

0
1704
Dos cerca de 5 milhões de casos de Covid nos EUA, 380 mil foram registrados em crianças (foto: pikist)
Além dos estudantes contaminados, 307 funcionários que tiveram contato com eles estão em quarentena (foto: pikist)

O Hillsborough County Public Schools vai realizar uma reunião de emergência nesta quarta-feira (18) para avaliar a exigência do uso máscara nas salas de aula após 8,4 mil alunos testarem positivo para a covid-19 ou serem expostos ao mesmo ambiente que alguém contaminado.

Todos os casos confirmados ou suspeitos foram mandados de volta para casa para cumprir isolamento social de pelo menos 14 dias, conforme  recomenda os Centers for Disease Control (CDC).

Trezentos e sete funcionários das escolas também cumprem quarentena, segundo disse a porta-voz do distrito escolar de Hillsborough,Tanya Arja, ao jornal The Washington Post na terça-feira (17). 

Um dia antes, na segunda-feira (16), o conselho educacional havia anunciado o afastamento de pouco mais de 5,5 mil alunos, número que teria aumentado exponencialmente em pouco mais de 24 horas.

Em 2020, o Hillsborough County Public Schools, uma dos maiores do estado que envolve a cidade de Tampa, registrou cerca de 220 mil alunos. Se as taxas de matrícula foram semelhantes este ano, cerca de 2,5 por cento deles estão em casa desde segunda-feira por causa do surto de coronavírus.

A obrigatoriedade da cobertura facial nas salas de aula violaria uma ordem do governador Ron DeSantis que proíbe as escolas de exigirem a proteção. Inicialmente, DeSantis ameaçou reter os salários dos administradores das escolares que descumprisses sua regra anti-máscara, depois, ele recuou, dizendo que cada unidade de ensino deve ser responsável ​​pelas “consequências de suas decisões”.

A taxa de positividade em todo o condado está em torno de 730 novos casos por dia, o que é quase 20 vezes maior do que no mesmo período do ano passado. Pouco mais de 53% do total da população de Hillsborough recebeu ao menos uma dose da vacina.