Condado da Flórida fecha escolas devido a surto de gripe

CDC alerta que casos da doença tendem a aumentar; último relatório mostra que 37 crianças já morreram nos EUA; saiba mais sobre sintomas e como se prevenir

0
7675

O Condado de Gulf, na Flórida, fechou todas as escolas nesta sexta-feira (26) devido a um surto de gripe na região, que afastou dezenas de estudantes das aulas. A secretaria de saúde local vai dedetizar as escolas e as aulas devem voltar ao normal na segunda-feira (29). A influenza já matou 37 crianças nos EUA, e o Center for Disease Control and Prevention (CDC) alerta que os casos da doença estão longe de acabar. O último relatório do CDC mostra que outras sete crianças morreram vítimas da doença na última semana, incluindo um menino de 12 anos em West Palm Beach.

O CDC pede que todas as pessoas, não somente idosos e crianças, tomem a vacina (flu shot) disponível em todas as farmácias. É necessário se vacinar todos os anos.

Hoje existem 11.965 novos casos confirmados da influenza reportados até o dia 20 de janeiro. No total, 86.527 casos foram registrados nos EUA desde o início do inverno, a temporada em que acontece o pico da doença.

“Nunca é tarde para tomar a vacina. Estamos vendo o número de casos aumentar e, principalmente, a forma mais grave da gripe, a H1N1 e influenza B. A gripe pode atingir todas as pessoas e todos devem se vacinar, mas em especial, crianças e adultos acima de 65 anos, mulheres grávida e pessoas que tenham problemas respiratórios, doenças do coração e diabetes”, informa o CDC.

Sintomas da gripe

Também conhecida como influenza, a gripe é uma infecção do sistema respiratório causada por vírus cuja principal complicação é a pneumonia, responsável por um grande número de internações hospitalares e mortes no mundo. A gripe inicia-se com febre alta, em geral acima de 38ºC, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça e tosse seca.

A febre é o sintoma mais importante da gripe e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios, como tosse, tornam-se mais evidentes com a progressão da gripe e mantêm-se, em geral, por três a quatro dias após o desaparecimento da febre. É uma doença muito comum em todo o mundo, sendo possível uma pessoa adquirir influenza várias vezes ao longo de sua vida. A gripe também é frequentemente confundida com outras viroses respiratórias e, por isso, o seu diagnóstico de certeza só é feito mediante exame laboratorial específico.

Apesar de esse termo gripe ser usado de forma genérica para sintomas como nariz entupido, espirros e dor de cabeça, a gripe e os resfriados são causados por vírus diferentes e apresentam algumas características que permitem a sua diferenciação. Enquanto a maioria das pessoas é infectada algumas vezes durante o ano com o vírus do resfriado, a gripe ocorre com menos frequência, manifestando-se, por exemplo, uma vez em alguns anos.

Como evitar a gripe

Se você está com sintomas da gripe – dor no corpo, febre, tosse e prostração – vá ao médico e evite a automedicação. Lave sempre as mãos, separe seus utensílios domésticos e evite sair de casa. Cubra o rosto todas as vezes em que tossir e espirrar. Abra as janelas e deixe o ar circular; é importante desinfetar todo o ambiente em que o doente estiver. Mais dicas.