Conheça a Origem do Dia da Floresta Amazônica

Celebrada em 5 de setembro, a data comemorativa foi criada em homenagem a Dom Pedro II.

0
2016
Foto: Ivars Utināns (Unsplash)

Nesta segunda-feira, 5 de setembro, é comemorado no Brasil o Dia da Amazônia, para celebrar um dos maiores e mais importantes ecossistemas do mundo. A data comemorativa foi escolhida em homenagem ao Príncipe Dom Pedro II, que em 1850, decretou a criação da província do Amazonas (atual estado do Amazonas). A data foi instituída no dia 19 de dezembro de 2007, após aprovação do projeto de Lei nº 11.621.

Com sete milhões de quilômetros quadrados, cerca de 400 tipos de mamíferos, 1.300 espécies de aves e 40 mil tipos de plantas diferentes, a Amazônia brasileira serve de lar para os nativos que habitam a floresta e é um recurso fundamental para o equilíbrio ambiental e climático do planeta.

A data é marcada pelo período de maior incêndio na floresta amazônica no Brasil na última década. Segundo o INPE, a agência registrou 31.513 alertas de incêndio via satélite em agosto, sendo o pior registro desde agosto de 2010, quando os incêndios totalizaram 45.018. A maioria dos alertas de incêndios na Amazônia ocorre em agosto e setembro – considerada a época de queimadas na região, quando as chuvas geralmente diminuem, facilitando que pecuaristas e agricultores atem fogo em áreas desmatadas.

Segundo reportagem publicada pelo jornal The Guardian, Brasil e Bolívia concentram 90% de todo desmatamento e degradação ocorrendo atualmente na Floresta Amazônica. Como resultado, a savanização já está ocorrendo em ambos os países.