Consulado-Geral do Brasil em Miami oferece apoio a brasileiros vítimas do furacão Ian

Em regime de plantão, Consulado foca em localizar desaparecidos e emitir documentos de emergência

0
2506

Em decorrência da passagem do furacão Ian pela Flórida, o Consulado-Geral em Miami está funcionando em horário especial nesta quarta (28) e quinta-feira (29), com atendimento telefônico das 9am às 3pm, pelo número (305) 285-6200. Fora do horário de expediente, o Consulado mantém serviço de plantão, exclusivamente para os casos de comprovada emergência (falecimento, hospitalização e prisão no estado da Flórida, Porto Rico e Ilha Virgens Americanas), por meio do telefone 305-342-6727. Para vítimas do furacão Ian, o Consulado-Geral disponibiliza duas linhas de emergência: (305) 801- 6201/ (305) 801-6202. 

Após a passagem do furacão, quando as autoridades locais permitirem o funcionamento da sede do Consulado-Geral, os casos de emergência passarão a ser atendidos também pelos seguintes telefones: (305) 285-6251, (305) 285- 6258, (305) 285-6208. Em último e extremo caso, na hipótese de total colapso das comunicações com Miami, estará disponível o Plantão da Assistência Consular em Brasília, por meio do seguinte número telefônico: + 55 61 9976-8205.

Em documento publicado no site do Consulado-Geral do Brasil em Miami, encontram-se informações completas sobre a rede de assistência disponível à população na Flórida, bem como providências a serem tomadas em caso de furacão. 

Aos turistas hospedados em hotéis, o Consulado-Geral recomenda que contate a gerência do estabelecimento para informações sobre planos locais de evacuação. Além disso, existe linha telefônica específica do Condado de Miami-Dade destinada a turistas: (305) 468-5900. Em geral, os hotéis são obrigados a terem um plano de evacuação próprio e possuem parcerias com estabelecimentos hoteleiros fora das áreas de risco para abrigar os hóspedes.

Para pessoas em áreas de risco, é recomendável o registro no serviço gratuito “Safe and Well” (www.safeandwell.org) da Cruz Vermelha, que, no caso de desastres naturais, facilita a localização de pessoas. Em geral, os abrigos também utilizam o serviço da Cruz Vermelha para registrar pessoas desabrigadas. A própria equipe de assistência consular do Consulado-Geral utiliza essa ferramenta no trabalho de localização de brasileiros.

Caso necessário, o Consulado-Geral do Brasil em Miami montará uma equipe voltada para a localização de brasileiros e eventual contato com seus familiares no Brasil. É importante ressaltar que, durante uma situação de emergência, o Consulado-Geral ficará concentrado em localizar brasileiros desaparecidos ou emitir documentos de emergência. A emissão de documentos de rotina estará suspensa. Se as autoridades locais pedirem evacuação na área da sede do Consulado-Geral, será informado local temporário para atendimento consular. 

Durante o furacão, as autoridades recomendam evitar sair de casa, mesmo se sua residência estiver localizada fora de zona de evacuação. Se sua residência estiver sujeita a alagamento, desligue a chave geral de energia elétrica. Use lanternas como fonte de iluminação. Não use velas ou querosene e evite tomar banho ou usar o telefone durante a tempestade.

Após o furacão, recomenda-se não sair do abrigo (em caso de evacuação) ou de casa (se não for evacuado) até que as autoridades expressamente o permitam. Segundo o governo do Condado de Miami-Dade, a maior parte dos acidentes ocorre logo após o furacão, por choques elétricos, inundações ou acidentes com detritos, e não durante a passagem da tempestade.

Recomenda-se também não transitar por áreas inundadas: além da possibilidade de contrair doenças e ser contaminado, existe o risco, por exemplo, de cabos elétricos rompidos estarem em contato até mesmo com simples poças d’água, o que poderia ocasionar um acidente fatal. Não utilize grelhas a carvão ou a gás no interior de sua residência. 

O Consulado-Geral alerta ainda sobre a importância de manter um kit de emergência com originais e cópias de documentos, tais como carteiras de identidade, apólices de seguro, escritura da propriedade e inventário dos bens (fotos ou vídeo), hipoteca ou contratos, conta bancária, caderneta de telefone, entre outros (guardar os documentos em proteção plástica, a fim de protegê-los contra a umidade), além de dinheiro, cheques e cartões de crédito.

Durante este período de emergência, o Consulado-Geral utilizará todos os meios de comunicação disponíveis, como página eletrônica, lista de e-mails e Facebook, para prestar informações para a comunidade brasileira na Flórida. 

Serviço:

1)  Guia para Temporada de Furacões (em português) http://miami.itamaraty.gov.br/ptbr/preparativos_para_a_temporada_de_furacoes.xml

2) Acompanhe os alertas das autoridades locais em http://www.floridadisaster.org

3) Veja as zonas de evacuação por condado em https://www.floridadisaster.org/knowyourzone/ ou pelo telefone 850-815-4000

4) Confira lista de abrigos públicos em http://floridadisaster.org/shelters/

5) Para obter maiores informações durante uma emergência (como vias fechadas, alertas de evacuação, abrigos disponíveis etc.), contate (800) 342-3557 / (850) 815-4000

6) Para solicitar auxílio durante uma emergência (polícia, bombeiros, médicos), ligue 911