Estados Unidos Manchete

Consumidores americanos revelam preferência pela Small Business Saturday no lugar da Black Friday

Pesquisa releva que 59% dos consumidores de fim de ano farão compras com desconto no sábado (26) em pequenos negócios locais, enquanto 56% planejam fazer compras nos gigantes do varejo durante a Black Friday

Consumidores americanos vem mostrando preferência pela Small Business Saturday. Foto: Cortesia iStock

A Black Friday é tradicionalmente vista como o pontapé inicial para a temporada de compras de Natal nos Estados Unidos, mas a inflação parece ter mudado o comportamento do consumidor este ano, que vem mostrando preferência pela Small Business Saturday.

Isso é o que revelou uma nova pesquisa divulgada pelo Bankrate.com, que aponta 59% dos consumidores de fim de ano optando por fazer compras no sábado dedicado aos pequenos negócios locais com descontos, enquanto 56% planejam fazer compras nos gigantes do varejo durante a Black Friday.

Como de costume, os varejistas terão um tráfego significativo tanto pessoalmente quanto online neste fim de semana de Ação de Graças, com cerca de 80% dos compradores dizendo que farão compras na sexta (25), sábado (26) e na Cyber ​​Monday (28), de acordo com o estudo.

Mas as tendências indicam que vários meses de preços altos levaram os consumidores a planejar com antecedência os feriados de 2022. Em uma pesquisa anterior, o Bankrate descobriu que 40% dos compradores de fim de ano estão mudando seus hábitos devido aos preços mais altos, buscando mais descontos, comprando mais cedo e comprando menos itens. Cerca de metade dos compradores entrevistados começaram a comprar presentes de Natal antes do Halloween, o que é semelhante ao ano passado. 

A pesquisa apontou que os consumidores estão sendo especialmente cuidadosos com o destino de cada dólar, já que itens essenciais como gasolina, mantimentos e moradia estão consumindo uma parcela maior dos orçamentos domésticos.

“Há um componente social nas compras pessoais que desabrochou durante a pandemia”, acrescentou o estudo. “Há uma sensação de nostalgia e apoio à pequenos negócios locais que leva muitas pessoas a reunir amigos e familiares para visitar lojas no fim de semana de Ação de Graças”, concluiu.

Baixe nosso aplicativo