Contribuição fiscal dos imigrantes em El Paso, no Texas, em 2021, foi de $4,8 bilhões

Série de relatórios destaca o impacto positivo dos imigrantes na economia do Texas

0
518
Cidade de El Paso, no Texas, possui 30% da população imigrante (foto: Wikimedia)
Cidade de El Paso, no Texas, possui 30% da população imigrante (foto: Wikimedia)

Uma pesquisa encomendada pela organização Texans for Economic Growth descobriu que a cidade de El Paso (TX) arrecadou $4,8 bilhões em impostos federais, estaduais e locais em 2021, pagos pela comunidade imigrante. O município fica no condado de mesmo nome, El Paso, e tem uma população de 678 mil habitantes, dos quais mais de 200 mil chegaram de outros países, sendo 91% do México.

El Paso fica na fronteira com o país mexicano e serve de porta de entrada para milhares de pessoas que usam a rota ilegal para chegar aos EUA. A cidade também foi palco de um dos maiores crimes de ódio praticados contra imigrantes na história. O massacre de El Paso, como ficou conhecida a chacina, deixou 22 pessoas mortas dentro de um supermercado Walmart em agosto de 2019.

O relatório da Texans for Economic Growth é o primeiro de cinco que a instituição planeja divulgar para destacar o impacto positivo dos imigrantes na economia do Texas, eliminar estigmas negativos associados à comunidade, e se opor à legislação “anti-imigrante” do governador Greg Abott, do Partido Republicano.

Recentemente, Abott, com o apoio do governador da Florida, encheu ônibus e aviões de indivíduos e enviou para outros estados para desafiar os políticos democratas, a quem eles atribuem a responsabilidade pela crise imigratória que o país atravessa.

“El Paso sempre foi uma cidade de imigrantes”, disse Jon Barela, CEO da The Borderplex Alliance, um dos grupos que apoiam a pesquisa. “Os imigrantes estão contribuindo muito para a nossa economia, para o nosso PIB”, declarou.

 O estudo cita, ainda, que os estrangeiros criaram ou ajudaram a preservar 9.300 empregos industriais, possuem propriedades no valor combinado de $ 7,4 bilhões, e correspondem a 27,6% de toda a mão de obra utilizada pelo condado.