Covid-19: O que se sabe até agora sobre o uso e a distribuição das vacinas na Flórida?

Confira as principais dúvidas sobre quem pode tomar o imunizante e quando, e os riscos para os diferentes grupos de pessoas

0
1376
Possibilidade de estrangeiros serem vacinado na Flórida causou indignação entre residentes do estado (foto: wikimedia)
Possibilidade de estrangeiros serem vacinado na Flórida causou indignação entre residentes do estado (foto: wikimedia)

As vacinas contra a covid-19 das fabricantes Pfizer e Biontech começaram a ser distribuídas na Flórida nesta segunda-feira (14). No total, o estado recebeu 174,9 mil doses que devem ser administradas em pessoas com mais de 16 anos.

Para ter eficácia contra o coronavírus, os pacientes precisam receber duas doses da vacina com intervalo de 21 dias entre elas. Ou seja, cerca de 87 mil pessoas serão imunizadas nesta primeira rodada.

O governo da Flórida divulgou recentemente seu plano inicial de imunização mas, mesmo assim, restam dúvidas. Com base em documentos do governo do estado e de agências federais de saúde, veja o que se sabe até agora sobre o plano de imunização em massa.

Como será a distribuição da vacina contra a covid-19 na Flórida?

A prioridade para a vacinação será dada aos profissionais de saúde e idosos que moram em asilos. Na sequência virão os trabalhadores essenciais como professores, bombeiros e agentes penitenciários. O terceiro grupo serão os adultos com condições médicas que os tornam de alto risco ao contrair o coronavírus e pessoas saudáveis com idade acima de 65 anos.

Assim que esses grupos estiverem imunizados, os suprimentos estarão disponíveis para todos os outros, provavelmente durante a primavera de 2021. A esta altura, provavelmente haverá mais de duas vacinas autorizadas no mercado.

É obrigatório tomar a vacina?

Não. A decisão de vacinar ou não é pessoal.

Onde poderei obter a vacina?

Uma vez que trabalhadores de saúde e idosos que moram em asilo estejam imunizados, o plano de vacinação da Flórida menciona a possibilidade de abrir postos semelhantes aos que estão atualmente abertos para a realização de testes.

Clínicas médicas também poderão oferecer imunização contra a covid-19, assim como serviços de emergência e ambulatórios.

Walgreens e CVS estão neste momento ajudando a distribuir as doses para instituições de longa permanência de pessoas idosas. Mas afirmam que suas farmácias irão continuar a oferecer os suprimentos em 2021. Outros estabelecimentos independentes como Publix, Winn-Dixie, Fresco y Mas, Costco e Walmart também planejam ofertar os medicamento a partir do próximo ano.

A vacina terá custo?

“Doses de vacinas compradas com os dólares do contribuinte dos EUA serão dadas ao povo americano sem nenhum custo”, comunicou o Centers for Disease Control (CDC), pressupondo que os contribuintes já estão pagando pelo medicamento.

Entretanto, ao se encaminhar a um posto de vacinação é possível que seja cobrada uma taxa para cobrir os custos da seringa e o pagamento do profissional treinado para aplicar a injeção. Essa taxa, segundo o CDC,  pode ser reembolsada usando o seguro público ou privado do paciente. Pacientes não segurados pode solicitar o reembolsada por meio do Health Resources and Services Administration’s Provider Relief Fund.

Quem não deve tomar a vacina ?

A Food and Drug Administration (FDA) alerta que pessoas com alergia a qualquer um dos componentes da vacina não devem tomar as injeções. Bem como pessoas com menos de 16 anos. Grávidas ou mulheres amamentando devem consultar seus médicos antes de se vacinarem.

Para conferir todos os ingredientes da vacina clique aqui

E se apresentar reação após ter tomado a primeira dose?

Caso a pessoa apresente uma reação alérgica após tomar a primeira dose, a segunda injeção deve ser suspensa, de acordo com o FDA.  

Reações alérgicas graves, embora raras, geralmente ocorrem dentro de alguns minutos a uma hora após a administração de uma dose da vacina, de acordo com o FDA. As reações alérgicas graves podem incluir dificuldade em respirar, inchaço do rosto e da garganta e uma erupção cutânea intensa em todo o corpo. Caso apresente esses sintomas, ligue para 911 ou procure o hospital mais próximo.

Recebeu recentemente uma dose de outra vacina para gripe ou outra doença?

Um estudo do CDC constatou  que a vacina contra a covid-19 deve ser administrada pelo menos 14 dias antes ou depois de qualquer outra vacina.

Pessoas contaminadas podem vacinar?

Ainda segundo o CDC, pessoas contaminadas pela covid-19 devem esperar cerca 90 dias após o diagnóstico para se vacinarem. Também não deve se vacinar as pessoas que estiverem em quarentena após ter tido contato com um infectado, ou se apresentar sintomas da doença.