Cruzeiros devem retomar operações em julho para passageiros vacinados

Está com saudade de passar alguns dias na mordomia em alto mar? O CDC divulgou diretrizes para que os cruzeiros aconteçam

0
958
Cruzeiros foram impedidos de funcionar em março (foto: Pricess Cruises - divulgação)
Cruzeiros foram impedidos de funcionar em março (foto: Princess Cruises - divulgação)

Empresas de cruzeiros marítimos devem retomar as atividades em portos dos Estados Unidos em meados de julho com 95% da capacidade e todos os passageiros e tripulação vacinados. A informação foi dada pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC) em carta endereçada ao setor.

O órgão de saúde estava sendo pressionado por autoridades, empresas de cruzeiro e turismo, que precisam dessas novas diretrizes para vender pacotes de viagens.

“Nós sabemos que viajar em um cruzeiro marítimo nunca vai ser uma atividade com zero risco de contaminação e o nosso objetivo é evitar ao máximo esse risco”, afirma Aimee Treffiletti, encarregado da Unidade Marítima do CDC. “Seguimos comprometidos em permitir que os cruzeiros voltem a acontecer no verão, desde que as diretrizes sejam seguidas”.

A procuradoria-geral da Flórida chegou a entrar com um processo na Justiça contra o governo solicitando autorização para que os cruzeiros voltassem a operar. Mas a decisão esbarra com lei aprovada na Flórida, que não permite que comprovantes de vacinas sejam exigidos para a entrada em locais públicos e privados.

O governador Ron DeSantis ainda não se pronunciou sobre a exigência do CDC.