Definidas as oitavas de final da Copa do Brasil

0
6056

Na quinta-feira (20), foi realizado o sorteio para definir os jogos para as oitavas de final da Copa do Brasil. No Pote 1, estavam os cinco clubes que se classificaram na quarta fase do torneio – Internacional, Fluminense, Cruzeiro, Sport e Paraná Clube. Somaram-se a estes, Santa Cruz (campeão da Copa do Nordeste), Paysandu (campeão da Copa Verde) e Atlético-GO (campeão da Série B). No pote 2, estavam os times que disputam a Copa Libertadores da América (Palmeiras, Santos, Atlético-MG, Flamengo, Botafogo, Grêmio, Atlético-PR e Chapecoense). Os jogos de ida estão previstos para serem realizados nos dias 26/04, 03/05, 10/05 e 17/05. Já as partidas de volta poderão ser disputas nas seguintes datas: 10/05, 17/05, 24/05 e 31/05. Os confrontos das oitavas de final ficaram assim:

• Atlético PR x Santa Cruz
• Grêmio x Fluminense
• Flamengo x Atlético-GO
• Palmeiras x Internacional
• Botafogo x Sport
• Santos x Paysandu
• Chapecoense x Cruzeiro
• Atlético-MG x Paraná

Alguns favoritos já estão fora

Corinthians, São Paulo, Vasco da Gama, Coritiba, Vitória, Bahia, Náutico, Ponte Preta e Goiás são alguns dos clubes tradicionais que não poderão conquistar a Copa do Brasil 2017. Na quarta-feira (19), os dois grandes de São Paulo foram eliminados. O Tricolor tinha mesmo poucas chances de sair-se melhor no duelo contra o Cruzeiro após ter sido derrotado no Morumbi por 2 a 0 na semana anterior. Mesmo assim a equipe de Rogério Ceni foi valente e venceu o Cruzeiro no Mineirão por 2 a 1 quebrando a invencibilidade do time de Mano Menezes que perdurava desde novembro do ano passado. A vitória de 2 a 1 (gols de Pratto e Gilberto para o São Paulo e de Thiago Neves para a Raposa), no entanto, não foi suficiente, porque no placar agregado o Cruzeiro classificou-se. Como consolo, fica a boa atuação do time que tem outra decisão no domingo contra o Corinthians em Itaquera.

Timão decepciona e é eliminado pelo Inter

A maioria apontava o Corinthians como favorito para seguir em frente na Copa do Brasil. Afinal, o Alvinegro paulistano conseguiu arrancar um bom empate em 1 a 1 em Porto Alegre e jogava diante de sua torcida podendo até mesmo classificar-se com um empate em 0 a 0. Como o time tem comprovadamente um bom sistema defensivo e o Internacional ainda veio desfalcado de três titulares, só mesmo os torcedores colorados mais fanáticos apostavam em seu time. E o Timão saiu com tudo marcando 1 a 0 aos sete minutos com Maycon. Jogou melhor o primeiro tempo e não soube aumentar a vantagem. Na segunda etapa, o time comandado por Antonio Carlos Zago partiu para cima e conseguiu empatar o jogo com um chute de Nico Lopez que rebateu em Fagner e morreu no fundo do gol. Somente depois do empate, o Corinthians partiu para o ataque e também sofreu alguns contra-ataques tornando o jogo bastante emocionante. As boas atuações dos goleiros Marcelo Lomba e Cássio impediram o gol da vitória e a decisão foi para os pênaltis. Na série de cinco penalidades, outro empate: 3 a 3. Na série alternada, Diego marcou para o Colorado e Guilherme Arana errou, decretando a classificação do Internacional. Esta é a sexta eliminação do Corinthians no Itaquerão, desde sua inauguração.

Flu vence Goiás por 3 a 0 e se classifica na CB

O Goiás veio ao Maracanã se defender depois da vitória por 2 a 1 no jogo de ida. Não conseguiu. Se no primeiro tempo o Fluminense perdeu pênalti (batido por Sornoza e defendido por Marcelo Rangel) e se mostrou afobado para abrir o placar contra um time que quase não atacava, na etapa final a equipe de Abel Braga definiu a classificação para as oitavas de final com dois gols de zagueiros em 16 minutos – de Henrique e Nogueira, ambos de cabeça. No fim, com os rivais já com um a menos após expulsão de Tony, Pedro ainda fez mais um. Depois da chegada de Abel Braga, o Fluminense vem mostrando ser um time de ponta e agora briga pelo título de campeão carioca.

Magrão garante Sport nas oitavas de final

Foi muito difícil, porém o Sport conseguiu. Derrotado por 2 a 1 no tempo normal, o Leão foi para os pênaltis contra o Joinville (o primeiro jogo, na Ilha, foi 2 a 1 para o clube pernambucano). E, aí, a estrela de Magrão brilhou. Com duas defesas, o camisa um do Sport superou Matheus, do JEC, e levou o time às oitavas de final da Copa do Brasil. No tempo normal, Leandro Pereira abriu para o Leão, mas Bruno Rodrigues e Marlyson viraram para os catarinenses.

Santos segura empate na Colômbia

O técnico Dorival Júnior comemorou bastante o empate sem gols diante do Santa Fe, na quarta-feira (19), no estádio El Campín, em Bogotá, em jogo válido pela terceira rodada da fase de Grupos da Copa Libertadores da América. O treinador elogiou o time colombiano e disse que o ponto conquistado fora de casa é importantíssimo para as pretensões da equipe santista na competição continental. Isso porque o Santos só depende dele para chegar às oitavas de final. Caso vença os dois próximos jogos em casa – contra Santa Fe, no Pacaembu, e Sporting Cristal, na Vila Belmiro, o alvinegro praiano estará classificado. O fato curioso foi o minuto de silêncio em respeito ao falecimento de Ricardo Oliveira?! Claro que foi um engano. Quem faleceu foi Kaneko, ex-jogador do Santos na década de 60 e um dos primeiros nipobrasileiros a se destacar no futebol brasileiro. Oliveira não marcou e saiu chateado com a substituição.

Vitória dá adeus à Copa do Brasil

Com a vitória fora em Salvador por 2 a 0, o Paraná Clube tinha como missão segurar um Vitória sedento por um resultado positivo para evitar a desclassificação na Copa do Brasil. E foi o que fez na noite de quarta-feira (19), na Vila Capanema. No primeiro tempo a defesa alivou a vida do goleiro paranista nas poucas chances criadas pela equipe adversário. Já no segundo tempo, o Vitória foi no desespero chutando de todas as formas, mas parando no goleiro Leo, que fez grandes defesas até os 47 minutos do segundo tempo. Com o resultado de 0 a 0, o Paraná segue para as oitavas de final.

Galo perde no Paraguai

O Atlético-MG visitou o Libertad, em Assunção, no Paraguai, e não se deu bem. Em um gramado falho e pesado, devido à forte chuva, o Galo jogou mal e não conseguiu levar os três pontos para Belo Horizonte. Com gol de Ángel Lucena, aos 26 minutos da etapa inicial da partida, os paraguaios fizeram 1 a 0, chegaram ao primeiro triunfo na Libertadores e se mantiveram vivos na competição. Nem mesmo a parceria entre os centro-avantes Fred e Rafael Moura funcionou porque Fred sentiu uma contratura e preferiu sair para não agravar a contusão. No próximo jogo, em maio, o Galo receberá o Libertad em Belo Horizonte e pode recuperar a ponta do Grupo 6 da Copa Libertadores.

Tempo de decisão nos estaduais

Há menos de um mês do início do Campeonato Brasileiro 2017, as decisões dos campeonatos estaduais agitam as torcidas:

São Paulo: Se prevalecer a lógica, Corinthians e Ponte Preta devem reviver a grande final de 40 anos atrás quando o timão saiu da fila de 23 anos sem conquistar um título. O Corinthians derrotou o São Paulo em pleno Morumbi por 2 a 0 e recebe o Tricolor em casa podendo perder até por um gol de diferença para chegar à final. Os dois times vêm de cabeça inchada por terem sido eliminados na Copa do Brasil no meio da semana. Já a Ponte Preta conseguiu um resultado expressivo ao vencer o Palmeiras (melhor time da competição na fase de classificação) por 3 a 0 em Campinas e pode até perder por dois gols de diferença para garantir sua vaga na final. Terá de suportar a pressão da torcida palmeirense que lotará o Allianz Parque para incentivar o Verdão a superar esta ampla desvantagem.

Rio de Janeiro: O regulamento do Campeonato Carioca é totalmente esdrúxulo. Apesar de o Fluminense ter conquistado a Taça Guanabara e o Vasco da Gama ter vencido a Taça Rio, isto nada conta para a decisão. Aliás, os dois abrem as semifinais enfrentando-se no sábado (22). A outra semifinal reúne Flamengo e Botafogo no domingo (23). As duas partidas estão marcadas para o Maracanã. Os vencedores garantem a presença nas finais que definirão o campeão carioca de 2017.

Minas Gerais: O Campeonato Mineiro segue o padrão do Paulista. Atlético-MG empatou com URT de Patos de Minas em 1 a 1, enquanto Cruzeiro também ficou em 1 a 1 com o América-MG. os vencedores destes confrontos farão as finais em dois jogos nos próximos domingos. Como se vê, o equilíbrio prevalece, porém, é inegável o favoritismo do Galo e da Raposa, embora o Coelho seja o atual campeão mineiro. Os ganhadores farão as finais nos dois próximos finais de semana.

Rio Grande do Sul: As semifinais do Campeonato Gaúcho ocorrem no interior do Rio Grande do Sul. O Grêmio enfrenta o Novo Hamburgo no Estádio do Vale e na primeira partida realizada em Porto Alegre o jogo terminou empatado em 1 a 1. Já o Inter, revigorado por ter eliminado o Corinthians na Copa do Brasil, vai à Caxias do Sul para enfrentar o Caxias levando na bagagem a vantagem de ter vencido o Caxias por 1 a 0 no Beira Rio. Também no Gauchão, as finais estão marcadas para os dois próximos finais de semana.