Estados Unidos Manchete

Democrata Raphael Warnock vence as eleições para o Senado na Georgia

Derrotando o republicano Herschel Walker, Warnock assume um mandato completo de seis anos e adiciona a 51ª cadeira que dá maioria aos democratas no Senado

Raphael Warnock é reeleito para o Senado na Georgia. Foto: Reprodução ABC News

O democrata Raphael Warnock venceu a reeleição para o Senado na Georgia, derrotando seu adversário republicano, Herschel Walker, no segundo turno. Com a vitória, ele assume um mandato completo de seis anos e adiciona a 51ª cadeira que dá maioria aos democratas no Senado.

A vitória de Warnock foi anunciada pela Associated Press na noite de terça-feira (6), quando a liderança do Senador chegou a 51%, em comparação com 49% de Walker.

Em uma das disputas mais acirradas das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos, Warnock disse que ainda há muito trabalho a se fazer para eliminar a “supressão de votos” e atribuiu sua vitória à persistência do povo da Georgia, que enfrentou longas filas para votar. “Há quem veja o resultado desta corrida e diga que não há supressão de votos na Georgia”, disse. “Mas deixe-me ser claro: só porque as pessoas suportaram longas filas, só porque suportaram a chuva e o frio e todos os tipos de truques para votar, não significa que a supressão de votos não exista. Significa simplesmente que vocês, o povo, decidiram que suas vozes não serão silenciadas”, declarou o Senador eleito.

Warnock foi o primeiro negro a ser eleito para o Senado da Georgia em 2021. Para evitar que ele seguisse no posto, o partido Republicano escolheu outro candidato negro, Herschel Walker, um ex-astro do futebol sem experiência política. Com a disputa focada no papel da raça e da identidade, os candidatos pegaram caminhos opostos para atrair eleitores: o republicano negou a existência de racismo e o democrata falou de injustiças raciais que ainda não foram sanadas.

A derrota de Walker, que foi escolhido a dedo por Donald Trump, reflete uma queda de popularidade do ex-presidente, que assistiu a derrota de seus candidatos ao Senado em Nevada, Arizona, Pensilvânia e New Hampshire, bem como suas escolhas para governador no Arizona, Michigan, Pensilvânia e Georgia.

Baixe nosso aplicativo