Dois homens são presos acusados de tráfico de crianças na Flórida

Segundo as autoridades, as crianças foram trazidas da Guatemala e contrabandeadas do México para os EUA para trabalhos forçados. Um dos homens já havia sido condenado por abuso sexual

0
1588
Frank Leija Moreno (esquerda) e Jackson Perez-Godinez levavam as crianças para as regiões central e sul da Flórida (foto: Santa Rosa Sheriff's Office)
Frank Leija Moreno (esquerda) e Jackson Perez-Godinez levavam as crianças para as regiões central e sul da Flórida (foto: Santa Rosa Sheriff's Office)

Uma batida de trânsito na saída do condado de Santa Rosa, no noroeste do estado, terminou com a prisão de dois homem que enfrentam acusações de tráfico de crianças.

Os investigadores disseram que o carro em que Frank Leija Moreno e Jackson Perez-Godinez dirigiam foi parado pelos policiais na rodovia I-10 na quarta-feira (30), e que os homens levavam dois meninos no banco de trás.

Ao serem interrogados pelas autoridades, eles ficaram nervosos e contaram histórias que não batiam. Os suspeitos foram encaminhados para o escritório do xerife e, mais tarde, a Florida Department of Law Enforcement (FDLE) descobriu que os meninos foram trazidos da Guatemala e contrabandeados do México para os EUA para trabalhos forçados.

“Tirar as drogas das ruas é uma coisa. Mas tirar esses caras das ruas é muito importante porque é isso que eles fazem para viver. Eles se aproveitam das crianças”, disse o xerife, Bob Johnson, durante uma conferência de imprensa na quinta-feira (31).

O FDLE disse que as famílias dos meninos pagaram mais de mil dólares cada para enviá-los aos EUA, além de arcarem com as despesas adicionais de viagem.

Um dos homens presos, Frank Leija Moreno é cidadão do Texas e tinha condenações de abuso sexual, o outro, Perez-Godinez,  é da Guatemala e está ilegalmente no país.

Agentes disseram que os homens estavam levando as crianças para diferentes cidades das regiões central e sul da Flórida.