Dois policiais com menos de 40 anos morrem no Sul da FL vítimas de coronavírus

Jose Dias Ayala, de 38 anos, e Shannon Bennett, de 39 anos, morreram no fim de semana, deixando familiares e colegas consternados

0
1151
Ayala e Bennet morreram vítimas de coronavírus (Foto Divulgação PSO - BSO)

Dois policiais dos condados de Palm Beach e Broward morreram vítimas de infecção pelo coronavírus, ambos com menos de 40 anos. Os dois passam a integrar os 4% dos pacientes com menos de 45 anos que morreram com a COVID-19 na Flórida.

O sargento Jose Diaz Ayala, de 38 anos, trabalhava para o Palm Beach County Sheriff’s Office desde 2006. Segundo a corporação, ele tinha asma e problemas cardíacos. Shannon Bennet, de 39 anos, trabalhava fazendo a segurança de escolas infantis para o Broward Sheriff’s Office desde janeiro de 2019.

Ayala deixa três filhas, duas irmãs e seus pais. “Não sabemos como ele contraiu o vírus. Sabemos que ele tinha doenças pré-existentes. Ele era um excelente policial, pai maravilhoso e vamos sentir muito a sua falta”, disse a ex-esposa de Ayala, Grisel Pineda. “Este é o momento mais difícil das nossas vidas. As meninas são pequenas e estão lidando com a morte do pai dessa forma. Muito triste”. Ele morreu no sábado (4).

Já Bennet era muito conhecido e admirado em Deerfield Beach por seu trabalho em escolas e por defender a causa LGBT. Segundo informações do BSO, Bennet informou que estava doente no dia 23 de março e foi internado no dia seguinte. Ele testou positivo para o coronavírus e morreu na sexta-feira (3). 

“A família da Deerfield Beach Elementary School lamenta profundamente a perda deste ser humano incrível e colega muito querido. A comunidade escolar está muito abalada com essa triste notícia”, escreveu a comunidade escolar em nota. 

Não foi informado se ele tinha alguma doença pré-existente. (Com informações do Sunsentinel)