Donald Trump será intimado a depor sobre a invasão do Capitólio

Intimação ocorre mais de um ano depois do início das investigações da invasão a sede do Congresso dos Estados Unidos

0
289
Foto: Wikimedia

O comitê da Câmara que investiga a invasão ao Capitólio, em de 6 de janeiro de 2021, votou por unanimidade, na quinta-feira (13), para intimar o ex-presidente Donald Trump.

Segundo o presidente do painel, Rep. Bennie Thompson, eles tem a “obrigação” de ouvir Trump. “Esta é uma questão sobre responsabilidade para com o povo americano. Ele deve ser responsável. Ele é obrigado a responder por suas ações”, disse Thompson, reconhecendo a medida como “uma ação séria e extraordinária”. Thompson disse no início da audiência que o comitê faria uma votação “com base em novas evidências”.

A resolução para intimar Trump foi aprovada por todos os membros do comitê (9-0), o que obriga o ex-presidente a comparecer para depoimento. “Devemos buscar o testemunho sob juramento da peça central de 6 de janeiro”, disse a deputada Liz Cheney, vice-presidente do comitê.

A intimação ocorre mais de um ano depois que o comitê começou a investigar a invasão do Capitólio. Na ocasião, cerca de 1 mil apoiadores de Donald Trump protestaram e invadiram a sede do Congresso dos Estados Unidos, quando fiscais eleitorais anunciaram a vitória do democrata Joe Biden à Presidência do país.