Dpto. de Polícia da Flórida é criticado ao pedir ajuda para identificar suposto ladrão de fraldas

Após ter seu cartão recusado várias vezes, indivíduo decidiu sair da loja Walmart sem pagar pelas fraldas e lenços umedecidos

0
2785
Imagens das câmeras de segurança mostram o homem dentro do Walmart com duas crianças pequenas (foto: WHPD)

O Departamento de Polícia de Winter Haven, na Flórida, está sendo duramente criticado nas redes sociais após postar um pedido de ajuda para identificar um homem acusado de furtar fraldas e lenços umedecidos em uma loja do Walmart.

De acordo com a publicação no Facebook, o caso ocorreu em 15 de setembro na unidade da Cypress Gardens Boulevard, no condado de Polk.

Imagens exibidas pelos agentes mostram o indivíduo dentro do supermercado com duas crianças pequenas e um carrinho com os produtos. Ele vai até o caixa de auto-atendimento e escaneia os itens, mas seu cartão é recusado.

Os oficiais informaram que o suspeito saiu da loja sem levar nada e retornou em seguida, sozinho, com um diferente cartão, que também foi declinado.

“Esse cartão também foi rejeitado várias vezes. MAS … ele decide levar os itens de qualquer maneira”, diz o post.  “Alguém o reconhece? Por favor, ligue para o sgt. Hall em (863) 291-5736”.

Em vez de contribuir com a polícia para localizar o homem, entretanto, internautas reprovaram a postagem e se ofereceram para pagar as fraldas e lenços.

“Vocês estão agindo como se ele tivesse roubado uma TV. Ele tomou FRALDAS. Isso é nojento. Você não tem nada melhor para fazer? ” escreveu uma seguidora.

“Quando você descobrir quem ele é, envie-me suas informações para que eu possa pagar por um ano de fraldas e lenços umedecidos para seus filhos”, comentou outro.

“Apenas esperando para saber onde enviar o dinheiro para as fraldas”, disse outro comentário.

Também houve os que concordaram com a atitude dos oficiais. “Ele roubou. Não importa quais sejam as razões ”, escreveu Christine Whitmore, mais uma seguidora da página. “Se todo mundo fizesse isso, as empresas iriam abaixo. Se ele está precisando desesperadamente de itens, vá a um banco de alimentos, igreja, etc … ”, destacou a internauta.