Economia americana cria 266 mil postos de trabalho

Dados de novembro divulgados pelo Departamento de Trabalho representam um alívio para Trump, pressionado pela ameaça de impeachment

0
1158
As novas vagas de trabalho foram criadas, especialmente, na área de saúde (Foto: Jacob Sippel - U.S. Navy)

Em meio à ameaça de impeachment, o presidente Donald Trump recebeu uma boa notícia, que pode dar um bom fôlego à sua campanha pela reeleição. O relatório mensal de emprego divulgado pelo Departamento do Trabalho dos EUA mantendo a tendência de queda no índice de desemprego e ganhos salariais para os trabalhadores. O resultado foi melhor do que o esperado pelos especialistas, graças à reintegração dos ex-grevistas da General Motors, que foram reintegrados à folha de pagamentos.   

A economia americana criou 266 mil vagas for a do setor agrícola em novembro, no maior aumento em mais de dez meses, reduzindo a taxa de desemprego para 3,5%. As oportunidades vieram, especialmente, das áreas de saúde e serviços. O salário médio por hora dos trabalhadores aumentou 0,25% em relação ao mês anterior, para $ 28,29/hora. O informe corrobora com a postura do Federal Reserve (o Banco Central dos EUA), que recentemente cortou as taxas de juros pela terceira vez este ano. A próxima reunião do Fed é semana que vem.