Economia brasileira deve crescer 1,1% este ano e 2,3% em 2020, prevê Ipea

Estimativa anterior era de aumento de 0,8% no PIB em 2019

0
2611
Economia brasileira dá sinais de reação em 2019 e aponta para crescimento em 2020
Economia brasileira dá sinais de reação em 2019 e aponta para crescimento em 2020 Foto: Agência Brasil)

DA REDAÇÃO – O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deve ter crescimento de 1,1% este ano e de 2,3% em 2020. A previsão é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Segundo a análise, a expectativa de crescimento no quarto trimestre de 2019 é de 0,4%.

A projeção do Ipea é muito próxima da divulgada hoje pelo Banco Central (BC), em Brasília. Segundo o BC, a previsão para a expansão do PIB em 2019 passou de 0,9%, previsto em setembro, para 1,2%. Para 2020, a projeção para o crescimento do PIB foi revisada de 1,8% para 2,2%. Conforme o Ipea, a recuperação da economia ganhou fôlego nos últimos meses, puxada, principalmente, pelo consumo das famílias e por investimentos.

De acordo com o diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea, José Ronaldo Souza Júnior, a projeção de um cenário mais positivo para 2020 baseia-se em dois fatores: a redução das taxas de juros como consequência da queda da taxa básica de juros – atualmente a Selic está em 4,5% ao ano – e o encaminhamento da agenda de reformas como a tributária, a administrativa e a do pacto federativo.

“A redução da taxa de juros estimula o crescimento tanto do consumo quanto do investimento. O outro ponto é o aumento da confiança, que a gente está se baseando nessa continuidade do cenário de reformas, que também estimula o investimento em infraestrutura”, destacou.

O estudo do Ipea projeta inflação de 3,7% para 2019 – 0,3 ponto percentual acima da previsão anterior. Este acréscimo se deve à carne bovina que teve preços reajustados em razão da produção ter sido preferencialmente direcionada para exportação. Para o ano que vem, a projeção de inflação é de 3,76%.