Eleições antecipadas registram 40 milhões de votos até agora e batem recorde de 2016

A empresa de dados estatísticos TargetSmart descobriu que cerca de 51,5% dos votos até agora vieram dos Democratas, enquanto 38,5% dos Republicanos

0
1151
Fila de votantes em North Carolina, U.S. October 15, 2020. (foto: Jonathan Drake/Reuters)
Fila de votantes em North Carolina, U.S. October 15, 2020. (foto: Jonathan Drake/Reuters)

A duas semanas das eleições de 3 de novembro, as votações antecipadas nos EUA batem recorde de participação. As filas enormes que têm se formado em zonas eleitorais de todos os estados mostram eleitores altamente entusiasmados em garantir que seus votos sejam contados em meio à pandemia de covid-19.

Na manhã desta quarta-feira (21) quase 40 milhões de eleitores haviam votado, de acordo com o U.S. Elections Project, que está monitorando os dados de votação antecipada. Esse número é baseado em informações de todos os estados, exceto quatro – Idaho, Nova York, Missouri e Arkansas – que o projeto diz não ter divulgado números. .

O estado com maior número de votantes até agora é o Texas, com mais de 4,6 milhões. A Flórida registrou nesta quarta-feira um total de 3,7 milhões de votantes, sendo 1,7 milhões de votos dos Democratas e 1,2 milhões dos Republicanos.

Na comparação com a quantidade de votos antecipados contabilizados na mesmo período das eleições de 2016, este ano tem um aumento de 29%.  

A empresa de dados estatísticos TargetSmart descobriu que cerca de 51,5% dos votos até agora vieram dos democratas, enquanto 38,5% dos republicanos. 

A pesquisa também revelou que os eleitores acima de 50 anos de idade respondem por 70% dos votos até agora, o que faz desta eleição a maior em números de participação de pessoas mais velhas.

Além disso, os eleitores negros, um eleitorado chave do grupo Democrata também têm batido recordes em relação à 2016.