Elon Musk compra Twitter com objetivo de “ajudar a humanidade”

O bilionário, autoproclamado “absolutista da liberdade de expressão”, deve pagar $44 bilhões pela aquisição da rede social.

0
688
Elon Musk compra Twitter por $44 bilhões. Foto: Musk Reprodução WSJ

Depois de meses de negociação, o bilionário Elon Musk confirmou a compra do Twitter, em publicação feita na rede social na quinta-feira (27). O CEO da Tesla, entre outros investimentos, discorreu sobre o que o levou a comprar a plataforma. “Eu não fiz isso porque é fácil. Não fiz isso pra ganhar mais dinheiro. Fiz para tentar ajudar a humanidade, que eu amo”, declarou.

Autoproclamado “absolutista da liberdade de expressão”, Musk expressou preocupações sobre a plataforma minimizar certas postagens com seus algoritmos que selecionam o que os usuários vêem. Também criticou o cancelamento de contas como a de Donald Trump. Com a aquisição, especula-se a volta de usuários polêmicos como o ex-presidente americano.

Logo após o anúncio da adquisição, o mercado reagiu positivamente. Por volta das 11am da quinta-feira (27), as ações do Twitter subiram 1,11%, cotadas em $53,94 na bolsa de Nasdaq.