Elon Musk se oferece para comprar o Twitter por $43 bilhões

Elon Musk fez uma oferta para comprar o Twitter (TWTR) e torná-lo privado, dizendo que acredita que a empresa precisa ser “transformada”

0
323
Segundo Musk, “o Twitter tem um potencial extraordinário. Vou desbloqueá-lo” (Foto: James Duncan Davidson)
Elon Musk está no Brasil (Foto: James Duncan Davidson)

DA REDAÇÃO – De acordo com um documento da SEC (Comissão de Valores Mobiliários), Musk se ofereceu para adquirir todas as ações do Twitter que não possui por $54.20 por ação, avaliando a empresa em $41.4 bilhões. Isso representa um prêmio de 38% sobre o preço de fechamento de 1º de abril, último dia de negociação antes de Musk divulgar que ele se tornou o maior acionista do Twitter, e um prêmio de 18% sobre o preço de fechamento de quarta-feira (13).

Musk disse que a oferta em dinheiro foi sua “melhor e final oferta”, de acordo com o documento da SEC, acrescentando que, se não for aceita, ele terá que reconsiderar sua posição como acionista.

O CEO da Tesla enviou uma carta de oferta à empresa na noite de quarta-feira, de acordo com o documento.

“Investi no Twitter porque acredito em seu potencial para ser a plataforma para a liberdade de expressão em todo o mundo, e acredito que a liberdade de expressão é um imperativo social para uma democracia em funcionamento”, disse ele em uma carta enviada ao Twitter. “No entanto, desde que fiz meu investimento, agora percebo que a empresa não prosperará nem atenderá a esse imperativo social em sua forma atual. O Twitter precisa ser transformado em uma empresa privada.”

A carta foi endereçada a Bret Taylor, presidente do conselho do Twitter, e não ao CEO Parag Agrawal, que assumiu esse título no outono passado. 

O Twitter divulgou um comunicado na quinta-feira (14) confirmando ter recebido a oferta. A empresa disse que seu conselho revisaria cuidadosamente a proposta “para determinar o curso de ação que acredita ser do melhor interesse da empresa e de todos os acionistas do Twitter”.

As ações do Twitter (TWTR) subiram até 13% nas negociações de pré-mercado na oferta na quinta-feira, mas logo recuaram. As ações estavam sendo negociadas em alta de cerca de 6% após a abertura do mercado, sugerindo que os investidores duvidavam que a oferta fosse aceita.

Mas será difícil para o Twitter rejeitar a oferta de Musk pelo preço que ele está oferecendo, disse Dan Ives, analista de tecnologia da Wedbush Securities.

“Musk está colocando o conselho do Twitter contra a parede”, disse Ives. “O prêmio está em um nível que será difícil ver outros lances ocorrendo.”