Em debate com Crist, DeSantis não confirma se deixaria a Flórida pela Presidência do país

Imigração, pena de morte e outros tópicos marcaram o único debate entre os candidatos ao governo do estado

0
732
Primeiro e único debate entre DeSantis e Crist para o cargo de governador da Flórida. Foto: Reprodução WPEC

O candidato à reeleição, Ron DeSantis, e seu adversário democrata, o ex-deputado Charlie Crist, se enfrentaram na segunda-feira (24) em seu primeiro e único debate para o governo da Flórida. Entre tópicos como imigração, aborto e educação, Crist levantou em um assunto delicado para o atual governador do estado: as eleições presidências de 2024.  

Em diferentes momentos do debate, Crist perguntou se DeSantis cumpriria um segundo mandato por completo, sugerindo que seu oponente renunciaria para concorrer à presidência. “Por que você não olha nos olhos do povo do estado da Flórida e diz a eles que, se for reeleito, cumprirá um mandato completo de quatro anos como governador”, desafiou Crist.

Sem afirmar se concorreria ao cargo federal, DeSantis respondeu: “Sei que Charlie está interessado em falar sobre 2024 e Joe Biden, mas só quero deixar as coisas muito, muito claras: o único burro velho e desgastado que estou querendo botar para pastar é Charlie Crist.”

Estrela em ascensão no Partido Republicano, pesquisas apontam que DeSantis representa a maior ameaça política ao ex-presidente Donald Trump em 2024, se ambos entrarem na disputa.

No debate, os candidatos discutiram também políticas de imigração. Crist criticou a decisão de DeSantis de transportar cerca de 50 migrantes de San Antonio, Texas, para Martha’s Vineyard, como parte de uma estratégia dos governadores republicanos de enviar migrantes para cidades democratas sem aviso prévio. “O governador fez foi um golpe político horrível”, disse Crist, acrescentando que a ação colocou em mau uso o dinheiro do contribuinte.

Sem detalhar seu plano para enfrentar a crise imigratória, Crist disse: “Podemos mudar a política e fazer o que é certo para proteger a fronteira com uma reforma abrangente da imigração”. DeSantis reagiu, culpando as políticas democratas no Congresso. “A fronteira estava em muito melhor forma em janeiro de 2021. O governo Biden reverteu quase todas as políticas que estavam em vigor e abriram as comportas”, disse DeSantis. “É por isso que temos o problema.”

Houve uma questão em que os dois candidatos mostraram concordância: pena de morte ao homem condenado por matar 17 pessoas no tiroteio de 2018 na Marjory Stoneman Douglas High School em Parkland. “Isso é uma coisa com a qual realmente concordamos”, disse Crist. “Acredito que aquele jovem deveria ter recebido pena de morte por matar estudantes inocentes em nossas escolas.”

DeSantis disse ter planos de pedir ao legislativo estadual que altere o estatuto que exige unanimidade do júri para decretar pena de morte. Na semana passada, o júri não teve apoio unânime e setenciou Nikolas Cruz a prisão perpétua.

O debate transmitido pelo Sinclair Broadcasting Group ocorreu duas semanas antes do dia da eleição, 8 de novembro. Mais de 1,1 milhão de cédulas já foram enviadas por correio, cerca de um terço do total, de acordo com a Divisão de Eleições do Departamento de Estado da Flórida.

A votação antecipada presencial começou na maior parte do estado na segunda-feira (24).