Em discurso do Estado da União, Biden faz duras críticas a Putin

Pronunciamento anual à nação é momento em que o presidente visita Congresso para apresentar projetos para o ano

0
649
Biden no State of Union (Foto Wikipedia)

O presidente Joe Biden participou de seu primeiro discurso de Estado da União nesta terça-feira (1). O tradicional discurso é realizado no Congresso e tem o objetivo de apresentar os projetos do governo para o próximo ano.

Os ataques da Rússia sobre a Ucrânia foi um dos principais assuntos abordados pelo presidente.

“Há 6 dias, Vladimir Putin, da Rússia, achou que iria abalar as próprias fundações do mundo livre, pensando que poderia fazê-lo se curvar aos seus caminhos ameaçadores, mas ele teve um erro de cálculo, ele se deparou com o povo ucraniano”, disse Biden.

O americano citou o discurso do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, ao Parlamento Europeu e agradeceu a presença da embaixadora ucraniana em Washington, Oksana Markarova, que foi aplaudida de pé por membros do Congresso e convidados. Biden anunciou o fechamento do espaço aéreo americano para voos russos e uma série de sanções econômicas “robustas” que vão “machucar”.

Biden defendeu a importância da diplomacia americana e da aliança militar Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), formada pelos EUA e mais 29 países. Ele disse ainda que os EUA vão proteger “cada polegada de território da Otan”.

Projetos para o ano

O presidente pediu ao Congresso apoio para aprovação de medidas importantes para o povo americano. Ele comemorou a aprovação do American Rescue Plan no ano passado e o plano de infraestrutura, que segundo o presidente, vão fomentar a economia.

Biden falou que “todos os estão cansados, frustrados e exaustos” com a pandemia e disse que a covid “não pode mais governar nossas vidas”. “Nós vamos continuar a combater o vírus, assim como combatemos outras doenças. A pandemia já nos puniu duramente, com os altos preços nos supermercados, gasolina, casas e nos custou muito”.

No que diz respeito à imigração, o presidente disse: “Precisamos garantir a segurança das fronteiras e consertar o sistema imigratório. Queremos fazer os dois, instalar novas tecnologias para combater o tráfico de drogas e de pessoas e precisamos do Congresso para aprovar uma reforma imigratória consistente”.

Biden disse que mais juízes de imigração estão sendo contratados para que famílias que estejam fugindo da violência tenham seus casos avaliados com rapidez.

Para ler o discurso completo, clique aqui.