Escolas da Filadélfia são lugares protegidos para imigrantes indocumentados

Conselho escolar da cidade da Pensilvânia determinou que instituições de ensino são consideradas ‘santuário’ para estudantes imigrantes e seus familiares

0
1032
Conselho escolar da Filadélfia (Foto NBC)

Por decisão unânime, o conselho escolar da Filadélfia, na Pensilvânia, decidiu que estudantes indocumentados e suas famílias não poderão ser alvo de autoridades imigratórias enquanto estiverem nas dependências da escola ou participando de atividades escolares.

A decisão foi tomada depois que, em 2020, uma mulher grávida de Honduras foi presa pelo ICE em frente à uma escola pública ao deixar sua filha. A prisão da mulher gerou comoção entre a comunidade imigrante local, que pediu urgência na adoção de medidas para que isso não volte a acontecer.

De acordo com a vice-presidente do conselho, Leticia Hinton, a medida é um passo importante para “ter certeza que as escolas públicas são refúgio para imigrantes indocumentados e seus familiares”.

O Distrito Escolar da cidade tem políticas que impedem que o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) tenha acesso às informações dos alunos e de suas famílias. Professores e funcionários das escolas da cidade foram capacitados para saber como agir se algum agente de imigração aparecer em instituições de ensino do distrito. (Com informações da NBC).