EUA surpreendem mercado e geram 209 mil novas vagas de emprego em julho

Número é muito acima das previsões dos analistas, enquanto a taxa de desemprego caiu um décimo para ficar em 4,3%, a mesma de maio

0
2534
Setor de restaurantes foi um dos que mais gerou trabalhos em julho
Setor de restaurantes foi um dos que mais gerou trabalhos em julho

DA REDAÇÃO – Os Estados Unidos geraram 209 mil novos postos no último mês, muito acima das previsões dos analistas, enquanto a taxa de desemprego caiu um décimo para ficar em 4,3%, a mesma de maio. “Números de emprego excelentes. E está só começando”, celebrou imediatamente no Twitter o presidente Donald Trump. “Muitas regulamentações sufocantes continuam caindo. Os Estados Unidos voltam a se mover!”, completou. A remuneração por hora manteve seu progresso contínuo ao aumentar 2,5% em 12 meses, como no mês passado. As informações são da AFP.

Apesar da força inesperada, o crescimento dos empregos em julho foi menor que no mês anterior, quando foram criados 231 mil novos postos de trabalho. Em julho de 2016 foram criadas 291 mil novas vagas. 

Os restaurantes criaram 53 mil novos empregos e, nos últimos 12 meses, esse setor gerou 313 mil novas vagas.  O setor de atenção médica ambulatória criou 30 mil empregos, mas o industrial, que inclui construção e mineração, ficou estagnado no último mês. 

A taxa de participação no mercado de trabalho subiu 0,1%, a 62,9%, mas manteve a estabilidade na soma de 12 meses. A quantidade de desempregados ficou estável em 7 milhões. O volume de novos empregos foi absorvido por entradas no mercado do trabalho. O número de trabalhadores com empregos de meio período continua alto, 5,3 milhões. 

O desempenho do mercado de trabalho, além da inflação, é importante balizador da política monetária implementada pelo Federal Reserve, atualmente no ritmo mais gradual de aperto de sua história.