Ex-aluno abre fogo em universidade de Charlotte (NC) e mata duas pessoas

Quatro feridos estão internados em estado grave; o atirador foi identificado como Trystan Terrell, de 22 anos, e foi preso

0
1655
Trystan Terrell foi preso e vai responder na Justiça por assassinato
Trystan Terrell foi preso e vai responder na Justiça por assassinato

Um tiroteio no campus da University of North Carolina, em Charlotte, deixou ao menos duas pessoas mortas e outras quatro feridas na terça-feira (30).

O atirador foi identificado como Trystan Terrell, de 22 anos, ex-aluno do curso de História na instituição, que abandonou os estudos no início do semestre. Ainda não se sabe os motivos do crime.

Três dos quatro feridos têm ferimentos graves e correm risco de morrer. O campus, onde estudam mais de 30 mil pessoas, ficou fechado por horas. Testemunhas disseram que o tiroteio começou em uma sala de aula, após uma apresentação de trabalho de classe.

“Ele começou a atirar ao final das apresentações e foi um desespero geral. Como assim, estamos apresentando um trabalho e alguém começa a atirar? Por quê?”, disse um aluno.

O alerta aos alunos foi publicado pela própria instituição nas redes sociais. Segundo o jornal “Charlotte Observer”, ocorria um jogo de beisebol no campus no momento do ataque. “Corra, esconda-se, lute. Proteja-se imediatamente”, escreveu o perfil da universidade.

Informações preliminares indicam que o atirador atacou um prédio destinado aos cursos sobre didática e aprendizado.

A prefeita de Charlotte, Vi Lyles, afirmou estar “em choque” pela notícia do ataque. “Meus sentimentos estão com as famílias daqueles que perderam suas vidas, os feridos, toda a comunidade da UNCC e os primeiros corajosos que correram à ação para ajudar os outros”, escreveu. (Com informações da CNN)