Ex de Tom Brady posta indireta sobre divórcio entre o jogador e Gisele

Bridget Moynahan, mãe de um dos filhos de Brady, intrigou fãs com postagem sobre término de relacionamentos

0
3257
Brady deixou Moynahan grávida, em 2006, e começou namorar Gisele. Foto: Reprodução PageSix

Bridget Moynahan, atriz de “Sexy and The City” e ex de Tom Brady, compartilhou no domingo (23) uma citação sugestiva da terapeuta de casamentos Vienna Pharaon sobre términos de relacionamento. A atitude intrigou os fãs, que especulam se a postagem foi uma indireta sobre a situação de Gisele Bündchen e o jogador estrela da NFL.

“Nem tudo é para ser consertado. Nem todos os relacionamentos são feitos para durar a vida toda”, diz a citação, postada nas redes sociais. “Às vezes, temos que aprender a nos sentir confortáveis ​​com os presentes que são oferecidos através das rupturas e finais, em vez das histórias de reparação e reconciliação”, continua. 

Na legenda, a atriz se aprofunda no texto de Pharaon: “O relacionamento que não dá certo, mas ensina algo importante sobre você. A ruptura que não é consertada, mas mostra algo novo sobre um padrão seu”, escreveu.

O post com milhares de curtidas, contou com comentários de famosos, incluindo o ator Alec Baldwin. “Em certos casos, eu deveria ter saído mais cedo. Eu acredito que a frase é ‘Você prefere estar sozinho ou errado?’. Algumas das descobertas mais ressonantes vêm da solidão”, afirmou o ator.

Bridget Moynahan e Tom Brady namoraram entre 2004 e 2006, e tem um filho juntos, Jack, de 15 anos. O jogador de futebol americano deixou a atriz enquanto ela estava grávida, e logo em seguida começou a namorar a modelo brasileira. Gisele casou com Brady em fevereiro de 2009 e tem dois filhos com ele, Benjamin, de 12 anos, e Vivian, de 9. 

Rumores sobre o divórcio do casal se intensificaram depois de Tom Brady, que anunciou sua aposentadoria em fevereiro desse ano, retornar para a sua 23ª temporada na NFL, contrariando a vontade de Gisele. Fontes próximas ao casal afirmam que eles contrataram advogados de divórcio, em outubro, e que estão vivendo em casas separadas.