Ex-diretor do FBI afirma no Senado que Trump mentiu e o acusa de difamá-lo

Comey disse não ter dúvida de que foi demitido em razão da maneira pela qual estava conduzindo a investigação relativa à atuação da Rússia no pleito

0
4399
James Comey, ex-diretor do FBI, depõe no Senado dos EUA
James Comey, ex-diretor do FBI, depõe no Senado dos EUA

James Comey, ex-diretor do FBI, disse em seu depoimento ao Comitê de Inteligência do Senado, na quinta-feira (8),  que Trump mentiu quando argumentou que o FBI estava em desordem quando o demitiu e que o governo decidiu difamá-lo.

“A Casa Branca optou por me difamar e, mais ainda, o FBI. Isso foi mentira, pura e simples. Eu sei que foi demitido sobre algo envolvendo a minha condução da investigação sobre a Rússia. Isso de alguma maneira o pressionou e o irritou e ele decidiu me demitir por causa disso”, disse Comey aos senadores.

Questionado sobre possíveis gravações que Trump tenha sobre as reuniões, como o presidente alertou há algumas semanas no Twitter, Comey disse: “Deus, espero que elas existam. Aí não teremos apenas a minha versão e a dele.”

Sobre uma possível conspiração de Trump com a Rússia para intervir nas eleições, Comey respondeu que não poderia falar do assunto em uma sessão aberta. Depois do depoimento, o ex-diretor do FBI terá um encontro fechado com os integrantes do Comitê de Inteligência do Senado.

Comey disse não ter dúvida de que foi demitido em razão da maneira pela qual estava conduzindo a investigação relativa à atuação da Rússia no pleito. Segundo ele, não há nenhuma dúvida de que as autoridades russas atuaram para influenciar a disputa presidencial americana.

O ex-diretor afirmou que Trump demandou “lealdade” de sua parte e pediu que ele declarasse publicamente que o presidente dos EUA não estava sob investigação. Segundo ele, Trump não sugeriu que ele interrompesse o inquérito sobre possível conspiração entre integrantes de sua campanha e a Rússia para interferir nas eleições de 2016 com o objetivo de favorecê-lo.

Comey declarou que o presidente não estava sob investigação no momento em que ele foi demitido da chefia do FBI, no dia 9 de maio. Apesar de acreditar que o presidente tem poder para demitir o diretor do FBI a qualquer momento, com ou sem justificativa, Comey relatou ter ficado incomodado com as razões apresentadas pela Casa Branca para sua demissão.  A versão inicial foi sua demissão foi motivada por incompetência. No dia seguinte, Trump mudou a narrativa e disse em entrevista à rede NBC que tinha “a Rússia” em mente quando tomou a decisão de afastá-lo.

A sessão do Comitê de Inteligência do Senado começou às 10h e terminou às 12h40. Depois dela, os senadores teriam um encontro fechado com Comey, no qual poderiam discutir questões classificadas (sigilosas).

Super Bowl de Washington

O depoimento de James Comey no Senado gerou mobilização em diversos restaurantes e bares dos Estados Unidos, que abriram mais cedo e promoveram festas temáticas, com transimssão do evento ao vivo. Com direito a batata frita e vodca russa, o evento foi apelidado de “Super Bowl de Washington”, em referência à final do campeonato de futebol americano que movimenta os Estados Unidos todos os anos. (Com informações do Globo, Estadão e Agência Brasil).

Previous articleMalvado favorito
Next articlePaolla Oliveira grava cenas de Jeiza no UFC  
Fundado em outubro de 2000, o AcheiUSA Newspaper é um jornal semanal em português distribuído gratuitamente por centenas de estabelecimentos comerciais brasileiros, americanos e hispânicos, espalhados pelo estado da Flórida. Com notícias locais, imigração, cultura, agenda de eventos, cobertura social, negócios e a maior seção de anúncios classificados grátis em português fora do Brasil, o AcheiUSA é o mais completo e popular portal para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos.