Ex-policial mata 37 pessoas em creche na Tailândia

Dispensado da polícia por uso de drogas, o homem matou também o próprio filho e esposa

0
680
Foto: Reprodução

Um ex-policial matou 37 pessoas, entre elas 22 crianças, incluindo seu próprio filho, durante um ataque com faca e arma de fogo em uma creche na Tailândia na quinta-feira (6). Mais dez pessoas ficaram gravemente feridas. Em seguida, o homem matou sua esposa em sua casa e cometeu suicídio, divulgou a polícia local.

O caso já é considerado o ataque a tiros mais mortal da história recente da Tailândia.

A maioria das crianças que morreram em Uthai Sawan, cidade a 500 quilômetros a nordeste de Bangkok, foi esfaqueada até a morte, disse a polícia.

O agressor foi identificado como um ex-membro da polícia que foi demitido de seu cargo no ano passado por alegações de uso de drogas e estava sendo julgado por outros crimes.

Antes do massacre, o homem compareceu ao tribunal e em seguida foi à creche para buscar seu filho, declarou o porta-voz da polícia Paisal Luesomboon.