Explosão em estação de metrô em New York tem um preso e quatro feridos

Dezenas de carros de polícia e bombeiros ocupam a Times Square

0
3185
FOTO EPA-EFE/JUSTIN LANE
FOTO EPA-EFE/JUSTIN LANE

Uma explosão na região da Times Square em New York, na manhã desta segunda-feira, 11, deixou ao menos quatro feridos e levou ao esvaziamento de três linhas de metrô em Manhattan. A polícia prendeu um suspeito que, segundo o jornal New York Times, estava com um explosivo caseiro junto ao corpo.

A explosão ocorreu na estação que fica no cruzamento da Rua 42 com a 8ª Avenida, por onde passam três linhas de metrô e está também o terminal de ônibus da Port Authority.

Por precaução, as linhas A, C e E do metrô estão sendo esvaziadas.

Dezenas de carros de polícia e bombeiros estão no local e a polícia não esclareceu que tipo de artefato explodiu perto de um dos terminais rodoviários mais movimentados do mundo. Por meio do Twitter, pediu que a região seja evitada.

Segundo a polícia, há restrições de movimentação nas linhas de metrô que passam pela Times Square e carros estão proibidos de deixar o local em razão das investigações.

Uma fonte policial disse à agência Associated Press que um artefato explosivo foi detonado em uma das plataformas do metrô. Informações preliminares obtidas pela rede CNN com duas fontes policiais distintas indicam que a bomba seria caseira e teria sido detonada acidentalmente.

Andre Rodriguez, de 62 anos, disse ao “New York Times” que ouviu a explosão pouco antes das 7h30 quando entrava no metrô.”Estava passando pela catraca. Parecia uma explosão, e todos começaram a correr”, contou.

Já Alicja Wlodkowski, de 51 anos, disse que estava em um restaurante dentro do complexo da estação quando de repente viu uma multidão de pessoas correndo. “Uma mulher caiu, e ninguém parou para ajudá-la porque estava uma loucura”, disse. “Então diminuiu. Eu fiquei de pé, observando e com medo”, relatou. (Com informações da CNN, NYTimes e G1).