Falsa herdeira que inspirou série da Netflix deve ser deportada para a Alemanha

Advogados de Anna ‘Delvey’ Sorokin, que inspirou a série Inventing Anna, não conseguiram convencer o governo americano de que cliente não aplicaria mais golpes

0
2570
Anna 'Delvey' foi deportada por autoridades imigratórias

A falsa herdeira Anna Sorokin, que adotou o nome de Anna ‘Delvey’, será deportada para a Alemanha. Anna foi presa pelo US Immigration and Customs Enforcement (ICE) em fevereiro, depois de cumprir pena por ter dado golpes em hotéis, bancos e milionários em New York.

De acordo com o advogado da jovem, ela deve ter embarcado na noite de segunda-feira (14), já que não conseguiu contato com a cliente. “Legalmente, ela não poderia ser deportada até o dia 19 de março, já que a ordem de deportação foi assinada pelo juiz no dia 17 de fevereiro e, por lei, temos 30 dias para apelar da decisão”, disse Manny Arora. “Não consegui contato com ela nesta segunda então estou presumindo que ela foi deportada”.

Segundo o advogado, ele não conseguiu provar às autoridades americanas que Anna não representava mais um perigo para a sociedade.

A jovem passou quatro anos na prisão depois de ter sido condenada por ter causado prejuízos de milhares de dólares se passando por uma herdeira milionária. Na verdade, Anna é filha de um caminhoneiro nascido na Rússia.

Anna Sorokin dizia que tinha uma fortuna de 60 milhões de dólares, o que lhe abriu portas para obter empréstimos e ficar em hotéis caríssimos sem pagar a conta. Sua história seduziu a produtora de TV Shonda Rhimes, que a converteu na minissérie “Inventing Anna”, com Julia Garner no papel principal.

Segundo relatos da imprensa, Anna recebeu 320 mil dólares da Netflix em direitos autorais. (Com informações da ABC)