Família processa Royal Caribbean por filho ter bebido demais, cair e morrer em cruzeiro; juiz dá ganho de causa à companhia de cruzeiros

Nathaniel Skokan morreu durante um cruzeiro de cinco dias partindo de Miami em 2016

0
2964
Nathaniel morreu ao cair do navio
Nathaniel morreu ao cair do navio

Um juiz declarou a companhia Royal Caribbean Cruises inocente da acusação de ser responsável pela morte de Nathaniel Skokan em 2016 depois de beber mais de 30 drinks, cair da embarcação e morrer. Os pais do jovem pediram uma indenização de $75 mil à companhia por danos, mas não vai levar nada para casa.

Nathaniel estava em um cruzeiro de cinco dias, que partiu do Port Everglades a bordo do navio Independence of the Seas.

Os pais do jovem alegam que os funcionários do cruzeiro deveriam ter parado de servir bebidas a ele, alegando que eles insistiram para que ele comprasse o pacote de bebidas incluídas. Eles também alegam que a companhia não prestou o devido socorro ao jovem.

Testemunhas disseram que o jovem estava no 12º andar do navio, quando simulou que iria pular e acabou caindo.