FBI intercepta planos de três tiroteios em massa na Flórida, Connecticut e Ohio

Mensagens de texto e ameaças on-line foram interceptadas por agentes federais nesses estados; possíveis atiradores foram presos

0
1820
Três jovens detidos por ameaças à segurança pública (Fotos divulgadas pelas polícias dos estados)

Três planos para tiroteios em massa em três estados – Flórida, Connecticut e Ohio – foram interceptados por serviços de inteligência nos últimos dias.

Três jovens brancos na faixa dos 20 anos de idade foram presos graças às denúncias de mensagens de texto e postagens na internet sobre os possíveis ataques.

Na Flórida, a polícia do condado de Volusia prendeu Tristan Scott Wix, de 25 anos, morador de Daytona Beach. Ele é acusado de ter um plano para um tiroteio em massa em uma escola. “A escola é um alvo fácil, prefiro abrir fogo contra uma multidão para quebrar logo o recorde de mortes”, dizia uma mensagem postada por Wix. Pessoas próximas disseram que ele não tem armas, mas ‘fascinado por elas’.

Em Ohio, o FBI prendeu James Reardon, de 20 anos, por um vídeo postado na internet. Ele estaria planejando um tiroteio em um centro frequentado por judeus. Os agentes prenderam Reardon na casa de seus pais, onde encontraram pistolas semiautomáticas, munição e mensagens antissemitas.

Em Connecticut, Brandon Wagshol, de 22 anos, foi detido por agentes federais porque estava tentando comprar um grande arsenal de armas fora do Estado. Com ele foram encontradas armas e munição. Washol teria expressado no Facebook sua intenção de cometer um tiroteio em massa. (Com informações da ABC News)