FBI investiga morte de mulher após queda em navio de cruzeiro

Testemunhas disseram que Almarosa Tenorio, de 52 anos, teve uma discussão com o marido antes da queda

0
2004
Almarosa morreu após cair de navio
Almarosa morreu após cair de navio

A morte de uma passageira em um cruzeiro para Aruba no último dia 13 está sendo investigada pelo FBI. Almarosa Tenorio, de 52 anos, estava de férias com o marido no navio Royal Pricess, que deixou o porto de Everglades no dia 9 para um cruzeiro de sete dias pelo Caribe.

Testemunhas disseram ter ouvido uma discussão entre Almarosa e o marido antes de ela cair em cima de um bote salva-vidas.

“O FBI está investigando a morte e não temos nenhuma informação adicional no momento”, informou a empresa responsável pelo navio.

Uma autópsia do corpo foi feita em Aruba, mas a causa da morte não foi divulgada.

O irmão da vítima lamentou a morte. “Almarosa era uma excelente filha, irmã, mãe e avó, com um coração enorme. Sua grande paixão era ensinar e trabalhar com crianças”, disse Tony Rodriguez.