FDA autoriza aplicação da terceira dose da vacina em pessoas com sistema imunológico frágil

Pessoas que têm o sistema imunológico comprometido por doenças, tratamentos e transplantados poderão receber a terceira dose da vacina contra a covid-19

0
900
Pessoas com sistema imunológico debilitado receberão terceira dose nos EUA (Foto Heudes Regis - Secretaria de Imprensa do Estado de Pernambuco)
Pessoas com sistema imunológico debilitado receberão terceira dose nos EUA (Foto Heudes Regis - Secretaria de Imprensa do Estado de Pernambuco)

O US Food and Drug Administration (FDA) autorizou, na quinta-feira (12), a aplicação da terceira dose das vacinas da Pfizer ou Moderna em pessoas com o sistema imunológico fragilizado. O grupo inclui “pessoas que fizeram transplantes ou aqueles diagnosticados com doenças que comprometem o sistema imunológico”, diz o órgão.

A decisão vem em meio à uma nova onda da covid-19 causada pela variante Delta, hoje responsável por mais de 90% das infecções no País.

A FDA fez questão de destacar que “outras pessoas que estão totalmente vacinadas estão adequadamente protegidas e não precisam de uma dose adicional da vacina contra a Covid-19 neste momento”.

“Após uma revisão exaustiva dos dados disponíveis, a FDA determinou que este pequeno e vulnerável grupo pode se beneficiar de uma terceira dose das vacinas da Pfizer/BioNTech ou da Moderna”, informou Janet Woodcock, que comanda a agência atualmente.

“O país entrou em uma nova onda da pandemia da Covid-19, e a FDA tem conhecimento de que pessoas imunocomprometidas correm maior risco de sofrerem infecções severas”, afirmou Woodcock, ressaltando que este grupo “precisa de proteção extra contra a covid-19”.

Países como Israel e Chile, que têm campanhas de vacinações bastante avançadas, já estão aplicando uma terceira dose na população mais vulnerável.

Vale lembrar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu para que os países começassem a aplicar a terceira dose a partir de setembro.