Federal Reserve aumenta os juros pela terceira vez nos EUA

Foi a terceira alta em uma década; decisão já era esperada pelo mercado

0
925
Federal Reserve
Federal Reserve

DA REDAÇÃO, COM EXAME – O Federal Reserve anunciou na quarta-feira (15) uma alta de 0,25 ponto percentual nos juros, levando a taxa base para a faixa entre 0,75% e 1%. É a terceira alta dos juros em uma década, as primeiras foram em dezembro de 2015 e dezembro de 2016. O objetivo é acelerar a economia, segundo comunicado feito pelo FED.

A decisão já era esperada pelo mercado, mas não foi unânime: Neel Kashkari, do Fed de Minneapolis, votou contra.

O Fed prevê mais duas altas ainda em 2017, o que já havia sido sinalizado em comunicados anteriores. A decisão foi justificada pelo desemprego baixo, números positivos de atividade econômica e uma taxa de inflação que lentamente converge para a meta de 2%.

Até pouco tempo atrás, o mercado achava que uma alta em junho era a aposta mais segura, mas a comunicação do Fed começou a indicar que ela poderia vir mais cedo. No dia 3 de março, a presidente Janet Yellen disse que um aumento “provavelmente seria adequado” na reunião deste mês.

Uma pesquisa realizada pela Bloomberg com 45 economistas nos dias 7 e 8 de março teve como resultado uma mediana de estimativas de três aumentos de um quarto de ponto em 2017, projetados para março, junho e dezembro. A hipótese se fortaleceu após a divulgação, no último dia 10, de dados fortes do mercado de trabalho americano.

Em todo o país, foram criadas 235 mil vagas em fevereiro, acima de uma expectativa de 188 mil, e a taxa de desemprego caiu um décimo de ponto percentual para 4,7%, nível considerado como pleno emprego.