Filho é acusado de matar o pai para ficar com herança em Boca Raton

Homem de 49 anos teria matado juiz aposentado e jogado o corpo em campo de golfe

0
3545
Filho (a direita) é acusado de matar o pai para ficar com herança
Filho (a direita) é acusado de matar o pai para ficar com herança

Um homem é acusado de matar o próprio pai, o juiz aposentado James Scandirito, de 74 anos, para ficar com a herança de $800 mil. Segundo a polícia, James Scandirito Jr., de 49 anos, teria enterrado o corpo do aposentado num antigo campo de golfe em Boca Raton. O acusado foi preso na segunda-feira (9) no condado de Alachua.

James era filho único e testemunhas disseram que eles não tinham um bom relacionamento.

O acusado teria notificado a polícia sobre o desaparecimento do pai e, quando interrogado, foi pego em diversas mentiras e contradições. A polícia encontrou ainda um recibo do Home Depot e Publix na qual James comprou fita isolante, sacos de lixo e produtos de limpeza, compras feitas com o cartão de débito da vítima.

O acusado tentou, ainda, sacar dinheiro da conta corrente do pai.

O corpo do juiz aposentado foi encontrado no dia 4 de abril enterrado a quatro pés de profundidade.